Gente

Doce lar

Ana Beatriz Barros não conseguiu passar mais de dois dias numa mesma cidade na Europa, nos Estados Unidos e na África do Sul durante a maratona de trabalho, que durou dois meses