A semana

Japoneses podem desaparecer em mil anos, diz estudo

Japoneses podem desaparecer em mil anos, diz estudo

Pesquisadores da universidade de Tohuku, no Japão, divulgaram um dado preocupante: se as taxas de natalidade no país se mantiverem nos níveis atuais – de 1,35 filho por mulher – os japoneses serão extintos no ano 3011 – ou seja, dentro de apenas um milênio. Seu desaparecimento, segundo o estudo, teria começado em 1975 quando o índice ficou pela primeira vez abaixo dos dois filhos por mulher.