Esporte

Caso Nassar: Universidade pagará $500 milhões às vítimas de abusos

A Universidade do Estado de Michigan (MSU), onde trabalhava o abusador sexual Larry Nassar, anunciou nesta sexta-feira ter chegado a um acordo para pagar 500 milhões de dólares de indenização às vítimas do médico da equipe de ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics).

O compromisso assinado com os advogados representantes de 332 vítimas foi um “acordo global”, explicou a MSU, pondo um fim às reivindicações judiciais contra funcionários da universidade envolvidos no maior escândalo de abusos sexuais da história do esporte americano.

O acordo não inclui as reivindicações contra a USA Gymnastics, contra o Comitê Olímpico americano e os técnicos de ginástica Bela e Marta Karolyi, entre outros.

nov/am