Notícia

Israel condena policial a 9 meses de prisão por morte de palestino

A justiça israelense condenou nesta quarta-feira a nove meses de prisão e seis meses de liberdade condicional um policial israelense por ter matado, em 2014, um adolescente palestino que não parecia representar nenhum perigo, segundo imagens de uma câmera de segurança.

Um tribunal de Jerusalém declarou culpado por homicídio por negligência Ben Deri, de 24 anos. Também o condenou a pagar 11.450 euros à família de Nadim Nuwara, morto quando tinha 17 anos em 15 de maio de 2014 em Beitunia, Cisjordânia ocupada.

Outro adolescente foi abatido no mesmo lugar e em circunstâncias similares horas antes, e um segundo ficou gravemente ferido.

Mas Ben Deri só foi processado pela morte de Nadim Nuwara, já que a família do segundo adolescente morto desistiu de ir a julgamento, segundo a facção palestina da Defense for Children International, uma das organizações que publicaram as imagens das câmeras de segurança.

A ONG considerou que a pena anunciada nesta quarta não é suficiente.

O tribunal aceitou um acordo de admissão de culpa por parte do acusado, levando em conta que Ben Deri colaborou com a investigação e não tinha antecedentes.

mab-lal/cmk/jvb/age/cn