Notícia

Homem que deteve massacre no Tennesse é declarado ‘herói’

O jovem de 29 anos que impediu que um atirador seguisse matando os frequentadores de um restaurante do Tennesse foi declarado “herói” pelo legislativo estadual nesta terça-feira.

James Shaw Jr. tirou das mãos de Travis Reiking, de 29 anos, o fuzil semiautomático AR-15 com o qual já havia matado quatro pessoas e ferido outras duas no restaurante, supostamente quando parou de atirar para recarregar a arma.

O ataque ocorreu no domingo passado, no restaurante Waffle House, da cidade de Nashville, capital da música country, e Reiking tinha antecedentes de problemas mentais.

O “herói” foi atingido por um tiro de raspão e queimou a mão ao segurar o cano do fuzil de assalto.

Os sobreviventes do ataque e seus parentes, assim como vários meios de comunicação, chamaram Shaw de herói imediatamente após o incidente.

“Não sou herói, somente uma pessoa comum”, disse Shaw entre lágrimas no domingo. “Agi de forma completamente egoísta. Queria salvar minha vida”.

“Não importam suas motivações, Shaw é um verdadeiro herói e suas ações (…) são incomuns para a maioria”, afirmam os legisladores do Tennesse. “Entrou em ação e salvou muitas vidas”.

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel