Saúde

Ex-presidente americano George H.W. Bush é tratado por infecção sanguínea

O ex-presidente dos Estados Unidos George H.W. Bush estava sendo tratado de uma infecção sanguínea em um hospital no Texas (sul), logo após o funeral de sua esposa Barbara.

Durante o dia, o presidente Donald Trump desejou ao ex-presidente de 93 anos uma “rápida recuperação” ao receber o líder francês Emmanuel Macron na Casa Branca.

Seu escritório anunciou que Bush “responde ao tratamento e parece se recuperar” depois de “contrair uma infecção que se espalhou para o sangue”.

Um porta-voz da família, Jim McGrath, disse à CNN que Bush está acordado, atento e conversando.

O 41º presidente foi internado no Houston Methodist Hospital na manhã de domingo, um dia depois do funeral de sua esposa.

Bush é o mais velho dos cinco ex-presidentes americanos ainda vivos: Jimmy Carter, Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama.

Ele é o pai de George W. Bush, que governou de 2001 a 2009, e do ex-governador da Flórida Jeb Bush, candidato nas primárias presidenciais republicanas de 2016.

Ex-presidentes, familiares e amigos se reuniram no último sábado para dar um último adeus a Barbara Bush, a matriarca de uma das mais proeminentes dinastias políticas dos Estados Unidos, em uma cerimônia fúnebre realizada no Texas.

Barbara Bush morreu em 17 de abril aos 92 anos de idade.

cl/sst/ja/llu/mr

Tópicos

Bush EEUU politica saude