Notícia

Atriz de ‘Smallville’ acusada de tráfico sexual em sua seita

Allison Mack, a atriz da série “Smallville”, foi presa sob acusação de tráfico sexual por recrutar mulheres para um suposto grupo de autoajuda no qual eram forçadas a manter sexo com seu líder, segundo a justiça.

Mack, de 35 anos, foi presa na sexta-feira e é considerada mentora do grupo, segundo o promotor Richard Donoghue.

O líder do grupo se chama Keith Raniere, também conhecido como “Vanguard”, acrescentou.

“As vítimas eram exploradas, tanto sexualmente como trabalhando para os acusados”, explicou o promotor.

As “escravas” eram tatuadas com um símbolo com as iniciais do líder do grupo, que se estabeleceu em Albany, capital do estado de Nova York.

Rainiere foi preso por tráfico sexual no México em março passado, depois de operar durante os últimos 20 anos uma série de supostos programas de auto-ajuda em uma organização chamada “Nxivm” (pronunciada NEX-i-um).

Além de centros nos Estados Unidos, tinha representações no México, Canadá e América do Sul.

Os cursos de cinco dias de duração custavam 5.000 dólares e as participantes com frequência ficavam endividadas e tinham de trabalhar para a organização.

Uma das tarefas das escravas era ter relações sexuais com o “mestre” e eram incentivadas a recrutar outras para subir na escala hierárquica.

Mack, que estava no segundo nível dessa pirâmide, é acusada de criar um programa paralelo do Nxivm para recrutar atores.

A atriz interpretava Chloe Sullivan em “Smallville”, série que se centrava na adolescência de Clark Kent em sua cidade, Smallville, antes de virar o Superman.

A série teve 10 temporadas.

dw/wd/ja/yow/cn