Notícia

OEA declara apoio à Colômbia e Equador contra crime organizado


A Organização dos Estados Americanos rejeitou energicamente nesta sexta-feira os recentes atos de violência na fronteira entre Colômbia e Equador, e manifestou seu apoio aos dois países na luta contra o crime organizado.

A resolução foi aprovada por unanimidade no Conselho Permanente da OEA, convocado por Bogotá e Quito após a confirmação, na sexta-feira passada, do assassinato de três membros de uma equipe do jornal equatoriano El Comercio por dissidentes da extinta guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

A OEA deplorou a execução dos integrantes do El Comercio, sequestrados em 26 de março, assim como a morte de quatro membros da força pública do Equador, em atentados a partir de janeiro que deixaram ainda dezenas de feridos.

A organização também repudiou o sequestro de outros dois equatorianos por parte dos rebeldes, revelado na terça-feira passada pelas autoridades em Quito.

Saiba mais
+ Mãe de Medina compara Yasmin Brunet a ‘atriz pornô’ e colunista divulga conversa
+ Chamada de atriz pornô, Yasmin Brunet irá processar mãe de Gabriel Medina
+ Mulher divide marido com mãe e irmã mais nova: ‘Quando não estou no clima’
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Médicos encontram pedaço de cimento em coração de paciente durante cirurgia
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio