200 anos, 200 livros. Anatomia de uma ideia

Quando no dia 11 de dezembro de 2019, entrei no quartel general do Projeto República, na Universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte, com o livro “Brasil, uma biografia” debaixo do braço, indo ao encontro da historiadora Heloísa Starling, não tinha uma pálida ideia do que iria acontecer. Meu objetivo: convidar a professora Starling para o projeto “200 anos, 200 livros”. Escolher as 200 mais relevantes obras literárias da história do Brasil e com elas celebrar – lendo – o bicentenário da Independência. A “Helô” adorou a ideia e me falou, “menino que boa ideia, era mesmo que a gente estava precisando: livros!”. O projeto encaixava como uma luva em uma lacuna das comemorações que então não tinha projetos dedicados à literatura..

Dessa forma, a (minha) Associação Portugal Brasil 200 anos, o Projeto República, contando com o apoio institucional do Instituto Camões de Portugal e outros amigos e parceiros, construímos juntos, durante inúmeras reuniões virtuais na pandemia, um dos mais notáveis projetos em que participei. Os “200 anos 200 livros, é uma fotografia exata, um daguerreótipo em páginas, um retrato em lombadas, de um Brasil diverso, moderno e global, com uma consciência cada vez mais exata do seu passado e dos desafios que enfrenta no futuro. E, hoje, os “200 anos, 200 livros” se tornou muito mais que uma lista de livros.

Com o apoio dos 169 curadores e de inúmeros parceiros institucionais ele hoje tem vários desdobramentos — um espetáculo musical que é também um podcast com música original do compositor Pedro Teixeira da Silva, “200 livros, 200 histórias”. Uma exposição fotográfica com a curadoria de Diógenes Moura, “200 livros, 200 fotos” na qual o escritor brasileiro escolhe a imagem que define cada livro e que será transformada num NFT. Uma Biblioteca Virtual que pode ser enviada por correio para qualquer lugar do mundo. Documentários na TV. Ciclos de conferências. E, mais que tudo, um lugar de reflexão sobre a língua portuguesa em vários locais espalhados pelo mundo.

Hoje, o bicentenário da Independência se tornou muito mais que uma lista de obras. Com o apoio de especialistas e parceiros institucionais, ele tem diversos desdobramentos

Os “200 anos 200 livros” são uma celebração do bicentenário da Independência construída através da arte e da cultura, com expressão física e virtual, disponível em todos os territórios no Brasil e no Exterior, para as instituições que queiram comemorar a data magistral, é só nos contactarem: geral@portugalbrasil200anos.org.


Sobre o autor

Fundador da Informacion Capital Consulting e Diretor da Câmara de Comércio e Industria Luso Brasileira em Lisboa onde coordena o comité de Trade Finance é o autor do estudo "O Potencial de Expansão das Exportações Brasileiras para Portugal”. Atua atualmente como investidor e consultor, estando envolvido em projetos de intercâmbio internacional nas áreas do comércio, tecnologia e real estate. Vive com um pé em cada lado do Atlântico, entre São Paulo e Lisboa. É autor e colunista na imprensa internacional sobre temas de investimento, importação e exportação e inteligência de mercado. É um entusiasta da cultura e da língua portuguesa.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento: A Três Comércio de Publicações Ltda., empresa responsável pela comercialização das revistas da Três Editorial, informa aos seus consumidores que não realiza cobranças e que também não oferece o cancelamento do contrato de assinatura mediante o pagamento de qualquer valor, tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A empresa não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças.