Mundo

Farc libertam 10 reféns na Colômbia

Eram os últimos reféns militares e policiais em cativeiro, segundo informes da própria guerrilha

Farc libertam 10 reféns na Colômbia

000_Mvd6267118.jpg

 

Quatro militares e seis policiais, mantidos como reféns pela guerrilha das Farc há mais de doze anos, foram libertados nesta segunda-feira (02), na Colômbia, e entregues a uma missão humanitária, informou o Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

"Está confirmada a libertação de quatro militares e seis policiais", disse a porta-voz do CICR María Cristina Rivera, ao ler um comunicado oficial.

A libertação foi realizada "nas últimas horas na zona rural entre os limites do Departamento de Meta e Guaviare", acrescentou. Os reféns libertados desembarcaram às 18h locais (20h de Brasília), no aeroporto de Villavicencio (110 km ao sul de Bogotá), de onde partiu pela manhã a missão humanitária, num helicóptero Cougar da Força Aérea Brasileira.

Eram os últimos reféns militares e policiais em cativeiro, segundo informes da própria guerrilha. As Farc, fundadas em 1964, são a principal guerrilha da Colômbia, com 9.000 combatentes.

 

Veja também

+ Jovem morre após queda de 50 metros durante prática de Slackline Highline
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel