Edição nº2595 19/09 Ver edições anteriores

BALANÇA

Hermanos felizes

Não é à toa que Cristina Kirchner parou de reclamar dos exportadores brasileiros. Números ainda não divulgados de nossa balança comercial revelam que o Brasil voltou a ter déficit nas transações com a Argentina. Foram apenas US$ 38 milhões no período janeiro-maio. Mas desde 2003 isso não acontecia.

AF 447
DNA

Se o corpo de alguém que estava no Airbus-330 da Air France aparecer, a identificação caberá ao diretor técnico da Polícia Federal, Paulo Roberto Fagundes. Ele está em Fernando de Noronha. Mas um pouco cético se terá trabalho. Fagundes foi quem descobriu o pai do filho que a ex-cantora Glória Trevi arranjou no presídio da Papuda, em 2001, e reconheceu 40 mortos do incêndio que destruiu um hipermercado no Paraguai, em 2004.

TRAGÉDIA
Por pouco

Na lista de quem deixou de embarcar no voo 447 incluí-se o nome de Ana Paula Martinez, diretora do Departamento de Defesa e Proteção Econômica, órgão do Ministério da Justiça. Ao ver que não teria tempo para chegar ao Galeão, ela embarcou em São Paulo.

RODOVIAS FEDERAIS
Outro perigo

A AGU recorrerá da decisão da Justiça que mandou a Polícia Rodoviária reassumir o controle das estradas da União no Paraná. O convênio de 30 anos foi considerado inconstitucional. Cerca de 200 agentes da PRF foram deslocados para aquele Estado. Teme-se a extensão da medida. Em Minas Gerais, 50% das estradas federais são fiscalizadas pela PM.

SEGURANÇA
Abriu o cofre

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo (PT-PR), vai liberar R$ 286 milhões do Orçamento do Ministério da Justiça na semana que vem. O dinheiro havia sido bloqueado em fevereiro, temendo-se os efeitos da crise econômica mundial no Brasil. A verba vai ser destinada a projetos na área da Segurança Pública.

MERCADO
Vai ficar

A gigante americana General Growth Properties, de Chicago, desistiu de negociar as ações que possui de shopping centers brasileiros, em parceria com o grupo Aliansce. Considerou baixas as ofertas dos interessados, como o fundo de investimento Gávea, de Armínio Fraga. Mesmo em concordata nos EUA, por ora, manterá os pés no varejo.

RELIGIÃO
Provas de fé

A Confederação Israelita do Brasil está tentando convencer o MEC a alterar o calendário do Enem. As provas de 3 e 4 de outubro coincidirão com o Shabat e o Sucot, datas religiosas em que os judeus não podem, por exemplo, escrever ou dirigir. Presidente da CIB, Claudio Lottenberg já formalizou o pedido ao ministro da Educação, Fernando Haddad. A mudança, entretanto, só poderá valer a partir de 2010.

Internacional
Não recua

Evo Morales enviou nota ao Itamaraty, há dias, reclamando da decisão de Lula de dar refúgio político a 18 bolivianos. Eles vivem em Mato Grosso desde setembro de 2008, para onde fugiram após os confrontos entre opositores e partidários de Morales, na cidade de Porvenir, em Pando. A inexistência de qualquer processo na Bolívia contra o grupo ditou a decisão brasileira.

PAC
Bronca da mamãe

O ministro Alfredo Nascimento levou um puxão de orelhas de Dilma Rousseff, na quarta-feira 2, em Brasília. Foi quando pediu para não ficar na mesa de autoridades no 7º balanço do PAC:

"Se a ministra me der licença, gostaria de ficar na plateia. Já sofri muitas criticas no Amazonas pelo atraso nas obras da BR-163". A resposta veio rápida: "Sua Excelência não conta com a minha compreensão."

Saúde
Direto na fonte

Uma experiência inédita será testada, no Rio, pelo Hospital Mário Kröeff. Uma ambulância especialmente adaptada passará a percorrer as praias cariocas, nos dias de sol, oferecendo exames gratuitos para diagnóstico do câncer de pele. A doença registra 55 mil novos casos por ano no País. Se o projeto vingar, será nacionalizado.

Violência
Causa e efeito

O Relatório Mundial sobre Drogas que a ONU divulga no dia 26, inclusive em Brasília, trará, pela primeira vez, um capítulo relacionando crimes cometidos por jovens com o tipo de substância ilícita que consomem. Especialistas na matéria preveem que o Brasil merecerá destaque no documento. Alguns trechos com elogios. Outros, assustadores.

Ética
Magrinho

Com quatro representantes – e três cadeiras vagas há tempos -, o Conselho de Ética da Presidência da República corre o risco de parar. É que este mês termina o mandato de outros dois conselheiros: o padre José Ernane Pinheiro e o advogado Roberto Caldas. Se nada mudar, o presidente do órgão, ex-ministro do STF Sepúlveda Pertence, acaba renunciando.

Meio circulante
Baixo valor

O BC negocia com os bancos um aumento na oferta ao público de notas de R$ 2 e R$ 5. Por iniciativa de não se sabe quem, as máquinas de saques nas agências raramente fornecem cédulas de baixo valor.

Cotas
No cadafalso

Estão com os dias contados as cotas raciais nas universidades. No dia 24, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado mudará a lei que trata do assunto. O critério para reserva de vagas passará a ser pobreza e não mais a cor da pele. Dos 23 membros da CCJ, 16 deverão aprovar a mudança.

AF 447
Último acorde

Passageiro do voo 447, o maestro Silvio Barbato regeria a Orquestra Nacional do Porto no dia 10 de julho, em Portugal. No programa, uma mistura da música erudita com a popular, ideia sua e de Egberto Gismonti. Agora, diante da tragédia, o concerto está sendo repaginado por Gismonti para homenagear o amigo desaparecido. A última composição de Barbato, aliás, foi a trilha sonora do filme "Bela Noite para Voar", de Zelito Viana


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.