Tecnologia & Meio ambiente

Diversão em família

Os jogos que agradam a pais e filhos viram atração para quem não viajou nas férias

Fotos: Divulgação

The Sims 2: O jogador
enfrenta situações alegres e
tristes, como na vida real

Férias escolares nem sempre são si-
nônimo de pé na estrada. Principalmen-
te para os pais que não conseguem conciliar suas folgas com a dos filhos. Uma maneira de se divertir junto com as crianças mesmo sem sair de casa é mergulhar no mundo dos jogos eletrônicos para computador. Nem tudo nesse universo se reduz a enfrentar alienígenas e terroristas sanguinários. A indústria de entretenimento eletrônico também investe em jogos familiares. Em sua maioria, são games de simulação, aventura e estratégia, que trocam a violência pela diversão pura e simples.

Os títulos mais recentes se amparam em filmes de sucesso. Um deles é Os Incríveis, a novidade da Disney, em que os jogadores assumem o controle dos quatro personagens do filme e usam seus poderes para combater os inimigos. Na linha dos jogos saídos das telas de Hollywood há ainda Shrek 2, da Electronic Arts, em que se pode jogar como o próprio Ogro verde ou como um dos cinco persona-
gens adicionais, alguns exclusivos do jogo. Seja qual for o papel escolhido, o jogador enfrenta monstros e resolve quebra-cabeças num mundo de conto de fadas.

Os fãs do bruxinho Harry Potter podem recorrer à coletânea com os três jogos baseados nos filmes da série, que contam as aventuras do mago mirim e de seus amigos na escola de mágicos. Entre os jogos de simulação, um dos destaques é Zoo Tycoon 2, da Microsoft. Nele o jogador monta e administra um zoológico de verdade, escolhendo os animais, o tipo de jaula e de vegetação. O game fornece uma enciclopédia para pesquisar os animais, seus hábitos e hábitat. E tem a vantagem de vir com vários níveis de desafios, para atender toda a família.

No mesmo estilo, pais e filhos podem passar horas criando vidas paralelas no simulador de vidas The Sims 2, que já vendeu mais de um milhão de cópias no mundo. É possível escolher o tipo físico dos personagens, definir romances, gostos e lazer. Os personagens crescem, se casam, têm filhos, envelhecem e morrem, como no mundo real. Cada decisão tomada por um Sims vai interferir diretamente em seu futuro, seja na vida pessoal, seja na profissional. O jogador controla vários personagens ao mesmo tempo.

Para quem gosta de aventura, uma pedida é o Sid Meier’s Pirates – Live the Life, da Atari. No game, de autoria do mesmo criador do clássico Civilization, o jogador se transforma num pirata do século XVII prestes a invadir o Caribe. Até sua conquista final, o pirata eletrônico enfrenta perigosos inimigos, corteja donzelas e percorre os mares em busca de tesouros.

Para os adultos que passaram a adolescência jogando War, há algumas opções no mesmo gênero de batalha mundial. Mesmo que com temática diferente, recheada de mitologia grega, o Age of Mitology serve para exercitar os dotes de conquistador no PC. Em 30 cenários, o jogador usa a fé e os poderes divinos nos quais acredita sua civilização para montar sua estratégia de domínio. O difícil será sair de casa.

Veja também

+ Grave acidente do “Cake Boss” é tema de reportagem especial

+ Pudim japonês não tem leite condensado; aprenda a fazer

+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"

+ Teve o auxílio emergencial negado? Siga 3 passos para contestar no Dataprev

+ Caixa substitui pausa no financiamento imobiliário por desconto de até 50% na parcela

+ Educar é mais importante do que colecionar

+ Veja as motos maxtrail mais vendidas em 2020

+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

+ 12 razões que podem fazer você menstruar duas vezes no mês

+ Mulher sobe de salto alto montanha de 4 mil metros

+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?

+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago