A semana

O grito do Nordeste

O grito do Nordeste

Cansados de viver a reboque do Sul e do Sudeste, os governadores do Norte e Nordeste decidiram adotar uma postura mais agressiva. Depois de encontro em Fortaleza, reuniram-se em Brasília na noite da terça-feira 15 na representação do Ceará, em pé de guerra contra o projeto da reforma tributária. Fizeram pressão, conseguiram um café da manhã no dia seguinte com a presidente Dilma e o ministro Guido Mantega, e ganharam resposta para a maioria de suas demandas, o que inclui o reajuste menor das dívidas estaduais. “O Norte e o Nordeste voltaram a fazer parte da agenda nacional”, festejou o governador Marcelo Déda (foto), de Sergipe.