A semana

As rápidas temporadas de Edmundo na cadeia

As rápidas temporadas de Edmundo na cadeia

Quando preso, o ex-jogador e atual comentarista Edmundo passa temporadas-relâmpago na cadeia. Ele envolveu-se em 1995 num acidente de carro no Rio de Janeiro e três pessoas morreram. Foi condenado em outubro de 1999 por homicídio não intencional a quatro anos e meio de prisão e permaneceu 24 horas encarcerado – a Justiça do Rio de Janeiro determinou que ele poderia recorrer em liberdade. Agora Edmundo foi preso em São Paulo (foto abaixo) e esteve presidiário por 18 horas e 30 minutos – entre a primeira meia hora da quinta-feira 16 e as 19 horas desse mesmo dia, quando deixou a delegacia (foto de capa) por força de habeas-corpus. Está em jogo se sua pena prescreveu (lapso temporal de 12 anos). Há quem ache que a prescrição conta a partir da data do acidente, há quem diga que conta a partir de outubro de 1999. A prevalecer essa tese, Edmundo teria de ficar quatro meses preso.
A valer a primeira, ele já nada deve à Justiça.