Edição nº2602 08/11 Ver edições anteriores

Reforço na equipe

Uma secretaria para os assuntos de segurança pública na Copa de 2014 está sendo criada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo

Copa no Brasil
Reforço na equipe
BOE_01_IE-2170.jpg

Uma secretaria para os assuntos de segurança pública na Copa de 2014 está sendo criada pelo ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo (foto). Vai chefiá-la o delegado de Polícia Federal, José Ricardo Botelho. Tido como bom articulador e técnico, caberá a ele coordenar as ações das policias civis e militares dos Estados com a PF, a Polícia Rodoviária Federal, a Força Nacional e a Abin. A meta é de que as disputas sejam restritas aos times de futebol.

 

Transportes
Vidas na estrada
Começou domingo 5, em Volta Redonda, o Estudo de Impacto Ambiental para a construção da linha férrea de 511 km, por onde trafegará o trem-bala interligando o Rio a Campinas. Ponto de partida do trabalho, o diagnóstico da fauna ficará pronto em dezembro. Estima-se que só na área da Floresta Atlântica sejam catalogadas 50 espécies de mamíferos, além de 200 tipos de árvores e umas 150 aves. São dez as áreas de estudo no Rio de Janeiro e em São Paulo.    
 
Viagens
Boa notícia
O governo planeja dobrar a validade do passaporte, de cinco para dez anos. Com isso reduzirá a demanda pelo documento – e a burocracia por trás da grande procura.  
 
Esporte
Mãos vazias

 

BOE_02_IE-2170.jpg

A atacante da Seleção Brasileira de Volei Paula Pequeno conheceu a violência do Rio de Janeiro, na sexta-feira 3. Após fazer compras com o marido, Alexandre Folhas, e a filha, Mel, no Shopping Leblon, ela colocou as bolsas no carro guardado dentro do estabelecimento e foi almoçar. Na volta, tinham carregado das roupas ao computador pessoal. O prejuízo foi superior a R$ 5 mil. O shopping jura que vai reembolsar – mas ainda não o fez.
 
Tevê
Último aviso
BOE_03_IE-2170.jpg 
A Globo voltou a ter problemas com o Departamento de Classificação Indicativa. “Insensato Coração”, que tem como vilão o ator Gabriel Braga Nunes, possui cenas de violência e mortes impróprias para a faixa “livre a partir de 12 anos”. O órgão quer mudanças até 1º de julho. Nada ocorrendo, a novela irá mesmo para a classificação “acima de 14 anos”, ou seja, não poderá ser vista em nenhuma cidade do País antes das 21h.

 

 
Agricultura
Êta nós!
A presidente Dilma Rousseff lançará o Plano Agrícola e Pecuário 2011-2012 na sexta-feira 17, em Ribeirão Preto. Errou quem, apressado, imaginou que a escolha do local era uma homenagem disfarçada a Antônio Palocci, que nasceu lá. A razão da patriotada: o ministro da Agricultura, Wagner Rossi, também é filho da cidade.
 
Trabalho
Em queda
O gargalo da Justiça do Trabalho sempre foi o Tribunal Superior do Trabalho. Em 2007, uma pesquisa feita no tribunal apontou ser de cinco anos o tempo médio de julgamento de um processo na Corte. No fim do mês será anunciada a nova realidade: o prazo agora está em 663 dias. Assalariados e patrões respiram aliviados, mas, unidos, pedem mais reduções.
 
Esporte
Será?
A Corte Arbitral do Esporte anuncia na quinta-feira 16, em Lausanne, na Suíça, se atletas punidos com mais de seis meses de gancho por uso de doping, desde a Olimpíada de Pequim, poderão competir em Londres, em 2012. A regra do COI está em vigor desde os anos 60. Caso deixe de existir, alguns brasileiros serão beneficiados.
 
Direitos Humanos
Na ponta do lápis
BOE-06-IE.jpg 
Causou muito tititi a declaração da ministra Maria do Rosário de que o governo federal não tem como proteger os dois mil ativistas ameaçados de morte em razão de conflitos fundiários. Mas a verdade é que a Comissão Pastoral da Terra não pediu vigilância especial para todo mundo. Na extensa lista há quem nem esteja mais em risco, estando na relação para mero efeito estatístico. À vera, a CIP pede atenção para 30 casos. 

 

 
Medicina
A caminho
O diretor do Departamento de Aviação Civil dos EUA, Melchor Antuñano virá ao Brasil em agosto para o I Fórum Nacional de Medicina Aeroespacial, organizado pelo Conselho Federal de Medicina. O encontro visa aumentar a segurança em saúde de passageiros e tripulantes, principalmente para a Copa do Mundo e a Olimpíada.
 
Governo
Coxas brancas
BOE-04-IE.jpg 
Quem conhece as entranhas do governo federal nota em Brasília certa ciumeira por causa da expansão do Paraná na administração Dilma Rousseff. Só ministros já são três: Paulo Bernardo, Gilberto Carvalho e agora Gleisi Hoffmann. Mas outros cargos relevantes têm ido para os paranaenses. Na última semana, o ex-governador Orlando Pessuti ganhou vaga no conselho de administração do BNDES. E olha que Dilma Rousseff apanhou de José Serra no Estado.   

 

 
TCU
Veia exposta
Auditoria em fase de conclusão no TCU vai revelar que o Ministério da Saúde comprou muito mal vacinas contra a pandemia da Influenza para o SUS no ano passado. Além de pagar caro, boa parte do produto veio com prazo de validade muito curto. Aliás, fica aqui uma sugestão aos fiscais do tribunal: espiem os armazéns do ministério, em Brasília. Há quem jure existir lá milhões de caixas de Tamiflu quase vencendo. Compras estranhas como essas merecem investigações especiais, inclusive da polícia.
 
Relações Externas 
Bem na hora
O Brasil será um dos 50 países integrantes da primeira leva de membros da Academia Internacional Anticorrupção. Com sede na Áustria, a entidade tem por missão implementar a Convenção da ONU contra a Corrupção, já subscrita pelo governo federal.
 
Cinema
Salas cheias
BOE_07_IE-2170.jpg 
O crescente público nos cinemas brasileiros tem feito a alegria dos empresários do setor. O primeiro semestre fechará com alta da ordem de 15%, segundo os exibidores, sobre igual período de 2010. Em outras palavras, mais de 60 milhões de pessoas passaram pelas bilheterias, gerando receita da ordem de R$ 500 milhões.

 

 
Meio circulante
Pouco a pouco
Quase 1 bilhão de cédulas de 100 pesos é quanto a Casa da Moeda produzirá para a Argentina este ano. A fabricação começou devagar, mas ganhou fôlego e superará com folga o volume feito no país vizinho. Aliás, por falar em exportação de dinheiro, o Brasil vai passar a imprimir o peso venezuelano.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2019 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.