A semana

Em que Humala assusta

Em que Humala assusta

Mal foi anunciada a vitória do nacionalista Ollanta Humala na eleição presidencial peruana, com 51,41% dos votos contra os 48,5% da direitista Keiko Fujimori, o mercado começou a reagir. No primeiro dia a bolsa de Lima teve uma das maiores baixas de sua história -12,51%. O medo dos investidores é de possíveis mudanças radicais no modelo econômico. O Peru é um dos países que mais crescem no mundo, com média de 7% ao ano, embora não consiga ter o mesmo desempenho no quesito distribuição de renda.