O sexo entre mulheres não conta com um vasto arquivo de conteúdos educativos na internet. Wendasha Jenkins-Hall, educadora sexual especializada no bem-estar de mulheres: “Por causa de nossa cultura hétero e falocentrada, muitos acreditam que o sexo vaginal ou anal são essenciais para a satisfação sexual”.

6 posições infalíveis para o sexo a 3
+ Pesquisa: 45% das mulheres dizem sentir dor ou desconforto durante o sexo
+ Entenda como acontece o ‘pum’ vaginal e saiba como evitá-lo

O que muitos não sabem é que o sexo lésbico pode ser extremamente prazeroso. “O clitóris é a chave — seu único propósito e função é o prazer”, explica Wendasha. E o sexo entre duas mulheres envolve muita estimulação clitoriana e de outras zonas erógenas. Confira 14 posições sexuais que garantem orgasmos intensos:

69

Essa posição permite que ambas deem e recebam estimulação clitoriana simultaneamente. Uma fica em cima da outra, na direção oposta, ou ambas ficam deitadas de lado, de forma que suas bocas estejam entre as pernas uma da outra.

Face sitting

Consiste em uma das parceiras sentar no rosto da outra. “Essa posição fornece estimulação clitoriana direta e você pode se concentrar no prazer que está recebendo de sua parceira”, diz Wendasha. Se você estiver por cima, conseguirá controlar a velocidade, o ritmo e o movimento de sua estimulação.

De quatro

Com um strap-on (cinta com prótese), uma das parceiras pode ser penetrada nessa posição. Quem for penetrada pode estimular o clitóris com os dedos ou um vibrador,  e a parceira que está penetrando pode estimular os próprios mamilos. Para quem não gosta de penetração, a posição ainda pode ser agradável. A pessoa nas costas pode estender a mão e massagear o clitóris ou os mamilos da parceira, ou pode puxar seus cabelos enquanto se esfrega em sua pélvis.

Ambas também podem ficar de quatro, e a que estiver atrás, faz sexo oral na da frente. Essa posição também oferece fácil acesso ao ânus, para massagem, sexo oral ou penetração.

Sentada

Jess O’Reilly, sexóloga, ensina: “Sente-se ereta em uma cadeira ou na beira da cama com as pernas bem abertas, e faça sua parceira ‘engatinhar’ entre suas pernas. Coloque um travesseiro sob seus joelhos, levante suas pernas e envolva-as no pescoço e ombros da parceira para ajustar o ângulo. Use seus quadris para orientá-la enquanto ela te faz sexo oral”.

No alto

Deite-se com um travesseiro sob a cabeça. Então, faça a parceira montar em sua cabeça ou peito, de frente para seus pés. Ela irá se curvar e você pode performar o sexo oral. Um vibrador estilo bullet pode ser uma boa aquisição para o momento, pois você pode facilmente o inserir e manipular na vagina de sua parceira.

Missionária

Apesar de essa posição ser normalmente conhecida no sexo heterossexual, ela também pode ser aproveitada no sexo lésbico, penetrando sua parceira com um strap-on ou com os dedos. Além disso, um strap-on duplo permite que ambas sejam penetradas nessa posição. 

Conchinha sensual

Ambas ficam de conchinha. Quem estiver por trás pode tocar o corpo da que está na frente. A parceira da frente pode esfregar seus glúteos contra o corpo da outra, puxar seu cabelo, chupar os dedos e muito mais.

Essa também pode ser uma boa posição para penetração. A conchinha maior penetra a menor com uma cinta ou com os dedos. Com a proximidade dos rostos, ela também pode sussurrar frases sensuais no ouvido de quem está na frente.

Cruzamento de coxas

Ambas se ajoelham e se apoiam nas coxas uma da outra, de modo que fiquem transpassadas. Os clitóris e a vulva devem estar encostados nas coxas uma da outra, para que possam se esfregar contra eles enquanto se beijam. Essa posição pode ser aproveitada para estímulo de mamilos, pescoço, orelhas e puxões de cabelo.

Você também pode se deitar na cama enquanto sua parceira fica sobre você, de quatro, com a coxa entre suas pernas.

Tesourinha

Uma das parceiras se deita de lado, e a outra “monta” em sua perna de forma que seus clitóris fiquem alinhados. Assim que estiverem em posições, ambas esfregam suas vulvas uma na outra.

O abraço

Sente-se em uma cadeira ou na cama, e faça sua parceira sentar em seu colo, de frente, de forma que vocês se encarem. Essa posição cria muita intimidade (beijos, abraços, toques) e dá a ambas acesso às vulvas. O strap-on de duas pontas pode ser utilizado também nessa posição. 

Em pé

Fique em pé e encoste-se à parede enquanto sua parceira se ajoelha e performa sexo oral em você. Essa pode ser uma ótima posição para quem gosta de ser amarrada. 

Por trás

Ambas estão de pé, com uma parceira virada para a parede. Enquanto isso, a outra estende os braços e estimula seus mamilos e clitóris. A penetração também pode ser feita nessa posição. 

Cara a cara

Ainda de pé, fique de frente para sua parceira. Levante as pernas, uma de cada vez, para se esfregarem e estimularem. No caso de diferença de altura, tente performar a mesma posição deitada na cama. 

O auge

Mantenha um travesseiro firme sob a parte inferior das costas, para que sua pélvis fique elevada. Isso dará à sua parceira um ângulo mais confortável para realizar sexo oral em você. Este também é um ângulo ideal para a estimulação do ponto G, no caso de penetração. Enquanto sua parceira te penetra, use seus dedos para estimular o clitóris.

Dicas para a melhor experiência

Freepik

Use brinquedos

“Quem gosta de penetração pode experimentar diferentes tipos, formas e tamanhos de brinquedos sexuais”, diz Wendasha. Junto com sua parceira, escolha o melhor tipo de vibrador para sua intimidade. 

Estimule mamilos e seios

Os mamilos são uma zona erógena, e um orgasmo mamilar é totalmente possível graças às terminações nervosas em volta dele. Sua parceira pode chupar e puxar seus mamilos durante o sexo ou enquanto você se toca. Para quem quer ir além, invista em grampos de mamilo. Os vibradores também são ótimos para essa região.

O clitóris é a chave

Leve seu vibrador também ao clitóris, lábios e vulva. Guie a mão de sua parceira para onde você quer que o brinquedo vá e prepare-se para todas as sensações.