Mundo

Após morte de bin Laden, popularidade de Obama sobe

Governo do presidente americano subiu 11 pontos na pesquisa sobre aprovação

Após morte de bin Laden, popularidade de Obama sobe

destaque-obama.jpg

A morte de Osama bin Laden alavancou a popularidade do presidente dos EUA, Barack Obama. Uma pesquisa realizada pelo jornal New York Times e a rede CBS mostra que a porcentagem de americanos que aprovam seu trabalho como líder subiu de 46% para 57% após a ação bem-sucedida. Sua popularidade chegou a aumentar ainda mais entre os republicanos. Obama subiu 15 pontos, e seu governo foi aprovado por 24% daqueles que se dizem oposição.

A vitória não poderia vir em momento melhor. Obama havia recebido no mês passado a pior avaliação de seu governo em relação à política externa, em pesquisa feita também pelo jornal americano. Quase metade dos entrevistados (46%) disse discordar da forma como o líder vinha tratando os assuntos internacionais. Na pesquisa realizada após a morte do líder da Al-Qaeda, esse percentual caiu para 34%.

Mas nem tudo são flores. Os americanos temem uma retaliação por parte dos terroristas ligados a bin Laden, e o temor também ficou claro na pesquisa. Do entrevistados, 62% afirmaram que acreditam que a ameaça de ataques vai aumentar nos próximos meses. Porém, quando indagados sobre como ficará a situação a longo prazo, apenas 27% acham que o risco à segurança aumentará, enquanto 26% acham que reduzirá e 41% acreditam que ficará no mesmo nível.

Sobre a permanência das tropas dos EUA no Afeganistão, a grande maioria ainda acha que o governo deveria trazer os soldados para casa. Apenas 6% disseram que o contingente deveria ser aumentado, mas 64% dizem que a missão americana no país não terminou.