Medicina & Bem-estar

O spray do amor

Cientistas descobrem que um remédio usado para estimular a amamentação reduz conflitos entre casais

O spray do amor

Pesquisadores das Universidades de Zurique, na Suíça, e Emory, nos Estados Unidos, descobriram um simples remedinho capaz de diminuir a intensidade das brigas entre casais. Trata-se de um spray nasal contendo ocitocina, um hormônio conhecido pela ciência por efeitos diversos sobre o corpo e comportamento humano. Na esfera fisiológica, por exemplo, ele é o responsável pelo estímulo à ejeção do leite materno após o parto. No campo das atitudes, a substância está associada ao fortalecimento de vínculo entre mães e filhos e entre amigos.

Os cientistas constataram o benefício para as relações depois de realizar um experimento interessante, cujos detalhes serão publicados na edição deste mês da revista Biological Psychiatry. Eles selecionaram 47 casais e propuseram que conversassem sobre assuntos tradicionalmente geradores de conflitos – finanças e educação dos filhos entre eles. Antes, 24 casais borrifaram cinco vezes um spray nasal contendo ocitocina (disponível no mercado e indicado para facilitar a liberação do leite materno). Os outros 23 inalaram placebo.

Entre os que usaram o spray, o índice de animosidade foi bem menor. Eles foram mais tolerantes, abertos a ouvir os argumentos do parceiro e refrearam a tendência a críticas e xingamentos. "Acreditamos que a ocitocina reduza a ansiedade", disse à ISTOÉ Beate Ditzen, um dos autores do trabalho. Esse efeito diminuiria o impulso de brigar antes de conversar. O hormônio teria ainda outro impacto. "Ele desarma os processos cerebrais associados à agressividade", explica Ricardo Monezi, pesquisador do Instituto de Medicina Comportamental da Universidade Federal de São Paulo.

Antes que os interessados se apres sem para comprar o tal spray, Ditzen adverte. "O que fizemos foi apenas uma experiência", diz. "Não sabemos, por exemplo, que efeitos colaterais podem ocorrer com o uso contínuo da ocitocina", pondera. Mas ele promete continuar pesquisando o tema.

i112942.jpg