Mundo

Hackers acusados de participar do grupo ‘Anonymous’ são detidos

Suspeitos teriam invadidos sites de empresas de cartão de crédito como Visa e Mastercard

Hackers acusados de participar do grupo ‘Anonymous’ são detidos

anonymous.jpg

 

A polícia britânica anunciou nesta sexta-feira a prisão de cinco suspeitos de pertencer ao grupo de hackers "Anonymous", dois deles, menores de idade. Além disso, o FBI (polícia federal americana) revistou 40 imóveis nos Estados Unidos, identificados por uma ampla investigação cujo alvo é o grupo de hackers que atacou "importantes empresas americanas em vários setores", segundo um comunicado da polícia britânica.

"Cinco homens, de 15, 16, 19, 20 e 26 anos foram detidos após uma série de ações coordenadas", indica a nota, explicando que os suspeitos são acusados de terem violado a legislação sobre pirataria na internet com os recentes ataques reivindicados pelo grupo "Anonymous" contra "várias companhias".

Em janeiro, o grupo também atacou os sites do executivo tunesiano e ameaçou o governo egípcio caso este bloqueasse o acesso à rede para atrapalhar os manifestantes que exigem a saída do presidente Hosni Mubarak.

O "Anonymous" chamou atenção ao atacar os sites das empresas de cartão de crédito americanas Visa e MasterCard, além do sistema de pagamentos PayPal. A ação foi uma resposta ao bloqueio das contas e meios de renda do WikiLeaks, que irritou os Estados Unidos ao revelar milhares de documentos confidenciais de suas embaixadas.

Na quinta-feira, a imprensa informou que um adolescente francês, suspeito de ter participado dos ataques contra sites nos EUA em apoio ao WikiLeaks, passou várias horas em prisão provisória, seis semanas atrás.