Tecnologia & Meio ambiente

Tempestades no deserto

Acredite se quiser: suíços afirmam que conseguiram fazer chover nos Emirados Árabes Unidos em pleno verão

Tempestades no deserto

chamada.jpg
MIRAGEM ?
Mantido em segredo, o projeto teria
levado água fresca ao deserto de Al Ain
 

Segundo informações divulgadas por uma empresa de tecnologia suíça na semana passada, algo impensável aconteceu no deserto de Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, entre julho e agosto do ano passado. Em pleno verão, época em que a estiagem assola a região ao longo de pelo menos dois meses, 52 tempestades – com direito a raios e trovoadas – foram registradas pelos meteorologistas. O feito, mantido sob sigilo até agora, causou estranhamento na população local. Ele seria resultado do sucesso de uma tecnologia especialmente encomendada pelo presidente do país, o xeque Khalifa Bin Zayed Al Nahyan.

Já patenteado pelos suíços da Meteo Systems, o invento se baseia nas propriedades de partículas carregadas eletricamente (leia quadro abaixo). Quando lançadas no ar quente do deserto por torres que parecem com o “esqueleto” de guarda-chuvas, elas são capazes de subir pela atmosfera, concentrando minúsculas gotas d’água em torno da poeira que paira na região. As nuvens – e as chuvas – são consequência natural do processo. Para que tudo dê certo, é necessário que a umidade do ar alcance ao menos 30%.
De acordo com os cientistas responsáveis pelo experimento, cinco campos com 20 torres cada já estão em operação perto de Abu Dhabi, capital do país localizado no Oriente Médio.

O segredo em torno do projeto e a inexistência de documentação que comprove sua eficácia levantaram suspeitas na comunidade científica. Apesar das críticas, ao menos um pesquisador de renome deu o seu aval. “Estamos perto de aumentar o acesso à água potável para todos, mesmo em tempos de mudanças climáticas”, disse Peter Wilderer, diretor de estudos sobre sustentabilidade da Universidade de Munique (Alemanha) e uma das supostas testemunhas oculares do experimento. Seja como for, o invento pode significar uma reviravolta sem precedentes para nações que sofrem com a falta d’água para o abastecimento humano e a agricultura. Enfim, tudo indica que o homem fez chover.

g_chuva_deserto.jpg

 

 

 

Veja também

+ Cantora MC Venenosa morre aos 32 anos e família pede ajuda para realizar velório
+ Homem salva cachorro da boca de crocodilo na Flórida
+ Conheça o phloeodes diabolicus "o besouro indestrutível"
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Cirurgia íntima: quanto custa e como funciona
+ Idoso morre após dormir ao volante e capotar veículo em Douradoquara; neto ficou ferido
+ MasterChef: Fogaça compara prato com comida de cachorro
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel