Cultura

John Lennon permanece uma lenda aos 30 anos de sua morte

Em 8 de dezembro de 1980 o músico pacifista morria pela arma de Mark Chapman

John Lennon permanece uma lenda aos 30 anos de sua morte

Depois de seu assassinato, na noite de 8 de dezembro de 1980, em Nova York, John Lennon se tornou lenda e símbolo de uma época, que continua sendo tema de livros e filmes aos 30 anos de sua morte. O ex-Beatle, casado pela segunda vez com a artista plástica japonesa Yoko Ono e pai cuidadoso do filho caçula, Sean, havia se tornado pacifista há tempos quando foi baleado pelas costas em frente ao edifício "Dakota", situado no bairro residencial onde vivia, no Central Park. Ele acabara de completar 40 anos, e se estivesse vivo teria completado 70 em 9 de outubro passado.

O assassino, Mark Chapman, um jovem instável na época com 25 anos, admitiu a autoria do homicídio e disse que fez o que fez para  chamar atenção. Condenado à prisão perpétua, cumpre pena na prisão de Attica, ao norte de Nova York. Ele teve a liberdade condicional negada seis vezes, a última delas em setembro passado. A viúva se opõe à libertação do assassino do seu marido por temer por sua própria segurança e pela do filho, Sean Lennon, hoje com 35 anos.

000_Nic516592.jpg

 

 

 


+ Rapper implanta diamante de R$ 128 milhões no rosto
+ PR: Jovem desaparecida é encontrada morta; namorado confessa crime
+ Galo bota ovos e surpreende moradores de Santa Catarina

A cada ano, os fãs do líder dos ‘Fab Four’ se concentram nos dias 9 de outubro e 8 de dezembro em uma área do Central Park batizada de "Strawberry Fields", em alusão ao título de uma canção dos Beatles. Um mosaico no chão traz a inscrição "Imagine", uma das músicas mais famosas compostas por Lennon em 1971, após o rompimento dos "quatro jovens de Liverpool".

"Todos os meus alunos conhecem ‘Imagine’, uma música que hoje em dia toca até no elevador e na sala de espera do dentista", confidenciou à AFP Robert Thompson, professor de cultura pop da universidade de Syracuse (norte de Nova York). "O auge dos Beatles e de John Lennon solista já tinha passado quando ele morreu, mas seu assassinato pôs um ponto final ao sonho de ver os Beatles reunidos novamente e transformou John Lennon em lenda imediatamente", acrescentou, comparando-o a James Dean, Elvis Presley e Michael Jackson.

Por outro lado, "Lennon morreu, mas Yoko Ono não. Ela se ocupou de manter a chama acesa", completou Robert Thompson, para quem John Lennon, com os óculos redondos, os cabelos longos e comentários pacifistas, simbolizou uma época. No ano passado, Yoko Ono organizou uma exposição sobre os anos de John Lennon em Nova York, e a viúva mantém ativo o site www.johnlennon.com.

No fim de novembro, a TV americana exibiu "LENNONYC", dirigido por Michael Epstein, que relata a vida nova-iorquina do autor de "Working Class Hero". Por outro lado, a primeira biografia filmada sobre o mais famoso dos Beatles, "Nowhere Boy", obra de Sam Taylor-Wood, estreou em outubro passado nos Estados Unidos, coincidindo com os 70 anos de nascimento do músico. O culto ao artista chega até as casas de leilões: o manuscrito de "A Day in the Life", uma das canções mais famosas do grupo, foi arrematado em junho passado por 1,2 milhão de dólares, mais que o dobro do previsto.

000_DV882828.jpg

v
 

Fãs

Os fãs de John Lennon se reuniram nesta quarta em Liverpool em uma vigília para lembrar os 30 anos do assassinato do ex-Beatle. Em Liverpool, onde surgiu a banda, as homenagens se concentraram em torno do monumento Paz e Harmonia, inaugurado há um mês em memória de Lennon.

Os fãs do músico acenderão velas, cantarão canções e lembrarão a vida de seu ídolo. O monumento Paz e Harmonia foi inaugurado em 9 de outubro – dia de seu aniversário – por Cynthia, primeira mulher de Lennon, e Julian, filho do casal, no Chavasse Park. Yoko, que estava ao lado de Lennon no momento de sua morte, lembrou os 30 anos sem o marido em Tóquio com um show.
 

Veja também

+ Aprenda a preparar o delicioso espaguete a carbonara
+ Vídeo: o passo a passo de como fazer ovo de Páscoa
+ Cientistas desvendam mistério das crateras gigantes da Sibéria
+ Sexo: saiba qual é a melhor posição de acordo com o seu signo
+ 5 benefícios do jejum intermitente além de emagrecer
+ Como fazer seu cabelo crescer mais rápido
+ Vem aí um novo megaiceberg da Antártida
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Cataratas do Niágara congelam e as imagens são incríveis
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Editora estreia com o romance La Cucina, uma aventura gastronômia e erótica