Eleições 2010

Serra criou sistema que encarece material escolar

Compras feitas pela internet aumentam o gasto do governo de São Paulo com as escolas públicas

Serra criou sistema que encarece material escolar

1164706_78390501.jpg

 

 

 

No ano passado, durante a gestão de José Serra, o governo de São Paulo alterou o sistema de compras de materiais para escolas estaduais e acabou aumentando sensivelmente os gastos públicos.
Baseada em encomendas feitas pela internet, a estratégia teve início em fevereiro de 2009, quando o governo Serra abriu licitação para criar o sistema online de compras. A ideia inicial era acabar com o procedimento anterior, segundo o qual cada diretor de escola estadual recebia R$ 1,60 por aluno para tocar as despesas do dia a dia.
Levantamento feito de janeiro a setembro mostra que o governo gastou pelo menos R$ 1 milhão a mais em materiais como sacos de lixo e papel higiênico. Mesmo levando-se em consideração que, comprando em grandes quantidades, o Estado tem um poder de barganha muito maior.
Nos nove meses em questão, foram despendidos R$ 36,4 milhões, o que corresponde a um custo de R$ 1,64 por aluno. Se as mesmas compras fossem feitas pelo sistema anterior, o Estado teria desembolsado no máximo R$ 35,5 milhões. A economia poderia ter sido ainda maior. As escolas paulistas pagaram R$ 39 pelo pacote com oito rolos de papel higiênico para dispenser. Comprado por meio da Bolsa Eletrônica de Compras, o mesmo produto sairia por R$ 14,65.

Clique nas imagens para ler mais sobre o assunto:

12.jpg
Contratado para acelerar obra, Paulo Preto desprezou a qualidade

10.jpg
Os santos e santinhos de uma guerra suja

9.jpg
O protegido Paulo Preto

7.jpg
Em ato, 1.200 evangélicos declaram apoio a Dilma

8.jpg
Dilma abre vantagem de 12 pontos sobre Serra

6.jpg
Serra ataca institutos de pesquisas

5.jpg
A armação de Serra

4.jpg
Agressores atiram bexigas com água contra Dilma, mas erram alvo

2.jpg
Serra bate boca. E bate cabeça

3.jpg
Serra e a liberdade de imprensa

1.jpg
As contradições de Serra no Jornal Nacional