Comportamento

Eike no mundo da beleza

Bilionário investe R$ 15 milhões em clínica superluxuosa que será administrada por sua namorada

Eike no mundo da beleza

chamada.jpg

img1.jpg
GRANDIOSIDADE
Detalhes do espaço que estará sob os cuidados
da namorada de Eike, Flávia Sampaio
 

Eike Batista também é beleza. Este poderia ser o bordão da clínica de estética que será inaugurada no mês que vem no Rio de Janeiro e tem como sócio o empresário que é o oitavo homem mais rico do mundo e primeiro do Brasil, segundo levantamento da revista americana “Forbes”. A Beaux, um empreendimento que custou mais de R$ 15 milhões, está fincada na Barra da Tijuca e tem como alvo um mercado que só cresce no País, o dos consumidores de produtos e serviços de alto luxo. Serão 1.500 metros quadrados dedicados à beleza dentro do MDX, o complexo médico do Grupo EBX, a holding que administra todas as empresas do bilionário. “Queríamos fazer algo pela beleza das mulheres do Rio de Janeiro, num nível superior ao que se encontra em São Paulo”, disse Eike. “As paulistas agora poderão vir para cá”, orgulha-se a advogada carioca Flávia Sampaio, namorada do empresário há sete anos e à frente da Beaux.

A volta do bilionário ao setor da estética acontece 17 anos depois da primeira e fracassada tentativa, a empresa de cosméticos Clarity, criada por ele para a ex-mulher, Luma de Oliveira. Sobre essa empreitada frustrada, Eike não quis falar. “A gente aprende com as experiências”, desconversou apenas. Mas, dessa vez, um cuidado foi tomado: Beaux carrega no nome o famoso “X” que consta das bem-sucedidas empresas do grupo.

img.jpg

O assunto preferido de Eike no momento é o luxo que cerca o novo empreendimento. Além de médicos de renome e equipamentos de última geração, a clínica terá um serviço de reserva de helicóptero para as clientes de cidades, Estados e até países diferentes. O pouso será feito no aeroporto de Jacarepaguá, onde um motorista já estará à espera. Entradas exclusivas e salas especiais garantirão discrição às clientes que não quiserem se expor. “A grande maioria dos nossos pacientes não quer divulgar os tratamentos que faz”, diz Flávia, que passou um mês em Paris visitando spas de hotéis-referência, como o Four Seasons Hotel George V e o Plaza Athénée. Entre os serviços, estão redução de pêlos, tratamento de manchas, celulites, rugas, cicatrizes e remoção de tatuagens. Ela explica que os procedimentos só serão realizados após consulta com um dermatologista da clínica, que faz ainda análise digital da pele e oferece day spa. “Somos um centro de saúde da pele”, resume. Um lounge instalado no segundo andar será o local dos tratamentos capilares. Em vez de cadeiras típicas de salão, a clientela usará poltronas italianas com sistema de massagem. Fazer as unhas também será uma experiência à parte. A clínica traz para o Brasil o conceito, popular lá fora, de nail bar: escolhe-se uma das mais de 1.500 cores de esmaltes disponíveis entre um gole e outro de champanhe.

O complexo de beleza de Eike funcionará ainda como butique, com três lojas de marcas internacionais no espaço Villa Beaux. “A ideia é que a cliente possa se arrumar na Beaux, passar o dia se tratando, e ainda fazer compras”, diz Flávia, que participou de cada detalhe da decoração da clínica, ainda em obras, projetada pelo arquiteto Daniel Piana, com piso de mármore desenhado a laser e louça italiana. Tudo à altura do bilionário, que pretende ser um dos primeiros clientes. “Vou fazer tratamento a laser para tirar as manchas de sol. Sou muito branco, e o método é um espetáculo, além de não ser invasivo”, propagandeou. De marketing e mulher bonita ele entende.

img2.jpg