Saúde da mulher

10 formas simples de acabar com a dor de estômago

Crédito: Pexels

Somente quem já sofreu com dores de estômago entende a urgência de acabar com esse mal súbito. Inchaço, gases e náuseas podem fazer com que você esteja disposta a testar qualquer tipo de receita caseira, mas é necessário entender o que está causando a dor em primeiro lugar.

+ Bactéria causadora da gastrite é resistente aos três antibióticos mais usados no tratamento, diz estudo

+ 8 formas simples de levar uma vida mais saudável 

Segundo o gastroenterologista Henry Herrera, dores de estômago podem ocorrer sempre que há irritação do revestimento do órgão. Exagerar na comida picante, na bebida alcoólica ou nas sobremesas são alguns motivos que podem contribuir para o desconforto em seu abdômen.

Além dos medicamentos sem prescrição, existem alguns remédios naturais e outras medidas que podem ser tomadas para aliviar os desconfortos abdominais. No entanto, de acordo com a “Women’s Health”, de onde são as informações, se a dor não melhorar com medicamentos, te acordar à noite, estar acompanhada de perda de peso, sangue nas fezes, vômitos ou febre, você deve consultar um médico com urgência.

A seguir, confira 10 formas de acabar com a dor de estômago

Experimente medicamentos de venda livre

Pexels

Gases são causados por duas coisas: consumir alimentos que os formam, como vegetais verdes, frutas com casca, bebidas gaseificadas, repolho e feijão; ou engolindo ar. “As pessoas inspiram ar extra quando bebem com canudos, falam com a boca cheia, comem muito rápido ou quando estão nervosas”, pontua o médico Michael Wolfe.

Se você acredita que o que está causando suas dores são os gases, converse com um farmacêutico e examine suas opções de medicamentos de venda livre que acabam com eles.

Coma iogurte e beba leite

Pexels

Se você lida com inchaço constante — que pode ser causado por fatores como menstruação ou intestino preso —, o iogurte pode ser um aliado. Desde que você não seja intolerante à lactose, tente comer iogurte com culturas vivas e ativas para regular seu sistema digestivo

Por vezes, as dores de estômago podem levar a outras dores, como azia. Para isso, o remédio caseiro é o leite, que neutraliza o ácido produzido pelo estômago.

Beba chás de gengibre ou camomila

Pexels

O gengibre tem uma história milenar de uso medicinal. As razões pelas quais a raiz funciona tão bem para a digestão são desconhecidas, mas acredita-se que ela acelera o ritmo em que a comida se move para o intestino delgado a partir do estômago.

A camomila também pode aliviar os sintomas de dor de estômago, incluindo náuseas e vômitos. Ela contém bisabolol, que tem propriedades anti-inflamatórias e relaxa o revestimento do músculo liso do trato digestivo.

Elimine as junk foods e coma mais devagar

Pexels

Se você sentir dor após uma refeição, provavelmente comeu muito, muito rápido ou muito da coisa errada. A solução rápida: elimine fast foods e diminua a velocidade na mesa.

Se mesmo alimentando-se de forma saudável você ainda está se sentindo mal, você pode ter problemas em sua vesícula biliar. “As mulheres têm [problemas vesiculares] com mais frequência do que os homens, e algumas têm cálculos biliares sem motivo”, revela o gastroenterologista Frank Marrero.

Aumente sua ingestão de fibras

Pexels

A constipação (ou intestino preso) pode causar sérias dores e desconfortos. E segundo o gastroenterologista Irwin Grosman, a condição é muito comum em mulheres. “Existe uma teoria de que há uma diferença hormonal entre homens e mulheres, e que as mulheres levam mais tempo para digerir e eliminar alimentos”, acrescenta.

Se você não vai ao banheiro todos os dias, não se preocupe, pois cada organismo funciona de forma diferente. Mas se você tiver sintomas como inchaço ou gases, adicione mais fibras à sua dieta. Você pode encher seu prato com mais frutas e vegetais, grãos integrais e feijões e começar o dia com um cereal rico em fibras.

Faça mais exercícios

Freepik

A inatividade também pode causar constipação. Por isso, busque realizar alguns minutos de exercícios físicos por dia e manter-se hidratada. 

Evite vegetais que produzem gases

Unsplash

Se você está lidando com cocô verde e dores de estômago, os vegetais podem ser os culpados. “Nossa ingestão de vegetais na dieta geralmente é a causa das fezes verdes. As dores de estômago nesse cenário podem ser remediadas evitando os principais vegetais produtores de gás, como aspargos, brócolis e couve de Bruxelas”, aconselha Henry. Minimize a quantidade ingerida desses alimentos até que você se sinta melhor.

Alimente-se regularmente

Pexels

As contrações naturais do sistema digestivo são sentidas mais severamente com o estômago vazio. Por isso, as dores da fome servem como uma mensagem do estômago para o cérebro dizendo que é hora de buscar alimentação. Então, certifique-se de comer nas horas certas.

Mas atenção: em casos raros, uma dor de estômago pode indicar mais do que fome. “Às vezes, as pessoas sentem uma dor ardente que melhora quando comem. Isso pode ser uma úlcera”, indica o gastroenterologista Mark Babyatsky.

Não se deite após comer

Pexels

Essa dica vale especialmente para pessoas propensas ao refluxo ácido. “Deitar-se muito rapidamente fará com que o conteúdo do estômago se mova para o esôfago, o que resulta em uma sensação desagradável de pressão ou dor, juntamente com um gosto amargo”, diz Henry. Portanto, programe sua última refeição do dia para ser pelo menos três horas antes de ir para a cama.

Tome um banho morno

Pexels

“A água morna tem sido usada para aliviar o estresse, que muitas vezes pode se manifestar na forma de dor de estômago. Ela também ajuda a relaxar os músculos tensos, que podem estar presentes após um dia estressante”, explica Henry.