Saúde da mulher

10 benefícios do pepino que você não deve ignorar

Crédito: Unsplash

Nos cuidados com a pele, as fatias de pepino sobre as pálpebras são mundialmente conhecidas. Mas quando se trata da alimentação, você conhece os benefícios desse alimento?

+ Xô, gripe! 5 alimentos que amenizam a doença e quais devem ser evitados


+ Comer insetos pode prevenir câncer, afirmam cientistas

Boas notícias para quem adora esse alimento no prato: “Como qualquer vegetal, pepinos têm benefícios para a saúde, e mesmo que não sejam tão reconhecidos como a couve, por exemplo, não significa que eles não sejam bons”, relata a nutricionista Jessica Perez à “Women’s Health”, de onde são as informações. Portanto, prepare-se para, finalmente, conhecer os benefícios de comer pepino.

Pepinos são super nutritivos

Aqui está a informação nutricional para uma xícara de pepinos:

Calorias: 16
Proteína: 1 g
Gordura: 0 g (0 g saturada)
Fibra: 1 g
Carboidratos: 4 g
Açúcar: 2 g
Sódio: 2 mg

E além disso, os pepinos contêm muitos nutrientes importantes:

Vitamina C: 14% da Ingestão Diária Recomendada (IDR)
Vitamina K: 62% da IDR
Magnésio: 10% da IDR
Potássio: 13% da IDR
Manganês: 12% da IDR

Contêm antioxidantes e micronutrientes

Os cientistas têm trabalhado duro para desmistificar a ideia de que pepinos são apenas complementos de salada. De acordo com o “Jarlife”, pepinos contêm um grupo de polifenóis chamados lignanas, que podem ser úteis no tratamento de câncer relacionado ao estrogênio.

Jessica ainda diz que eles também contêm outros tipos de antioxidantes, como beta-caroteno e flavonoides, que ajudam a combater a inflamação e proteger as células contra doenças crônicas.

Ajudam a manter sua pressão arterial sob controle

A hipertensão arterial pode causar males como aneurisma e derrame. Por serem ricos em potássio eletrólito, os pepinos podem reduzir a retenção de líquidos induzida por sódio e, portanto, reduzir a pressão arterial, de acordo com a Associação Americana do Coração, dos Estados Unidos.

Mas, é claro, pepinos não vão compensar o dano de uma porção inteira de batatas fritas por dia, portanto, se você tiver pressão alta, certifique-se de também reduzir hábitos prejudiciais (como fumar, manter um estilo de vida sedentário e comer alimentos saturados com excesso de gordura).

Ajudam na digestão

Todas as (poucas) calorias em pepinos vêm da fibra. De acordo com Jessica, fibras ajudam a melhorar a saúde do intestino e a regularidade do movimento do órgão. Além disso, são benéficas no manejo de certas condições, como diabetes e colesterol alto, e até mesmo “preenchem” o estômago para evitar que você coma em excesso.

Podem te manter hidratada

Manter-se hidratada é crucial para transportar nutrientes para as células, prevenir a constipação e eliminar as bactérias, além de outros benefícios. E segundo a nutricionista, comer pepinos pode te ajudar a atingir sua IDR de líquidos.

“A quantidade de água que você vai ingerir através dos pepinos depende do tamanho da sua porção, mas como eles são feitos de 95% de água, você pode ter certeza de que uma xícara irá contribuir significativamente para suas necessidades do líquido”, afirma a nutricionista Bonnie Taub-Dix.

Mantêm seu intestino feliz

Pepinos em conserva são estrelas quando se trata de saúde intestinal. “O processo de fermentação os torna o combustível perfeito para o seu intestino”, diz Bonnie. E o aumento das “boas bactérias” em seu intestino está associado a uma série de benefícios, como a melhora da imunidade.

Podem ajudar a manter o peso ideal

Não há um alimento ou exercício específico que seja o único responsável pela perda de peso ou manutenção dele, mas os pepinos certamente são um ótimo complemento para isso. “Eles podem ajudar com a perda de peso, já que, se você se encher deles, será menos provável que coma fast food“, diz Perez.

Pepinos podem ajudar a regular o diabetes

Da mesma forma como eles podem ajudá-la a manter um peso saudável, pepinos são necessários para manter a diabetes sob controle. Jessica observa, mais uma vez, que por serem ricos em água, eles se expandem em seu estômago. Com isso, reduz-se o desejo por petiscos açucarados, o que é uma ótima maneira de regular os níveis de insulina.

Ajudam a fortalecer seus ossos

O cálcio não é o único nutriente que mantém os ossos fortes — a vitamina K também. Um estudo da revista “PLos Medicine” descobriu que mulheres na pós-menopausa que tomaram cinco miligramas de vitamina K por dia durante dois anos tiveram 50% menos fraturas do que o grupo que não consumiu. Como a vitamina K ajuda a coagular o sangue, no entanto, converse com seu médico antes de qualquer aumento repentino na ingestão de pepino, se você estiver tomando anticoagulantes.

Eles são versáteis na culinária

Além de todos esses benefícios do pepino, ele ainda tem um sabor super neutro, então funciona muito bem em vários pratos, ou como um simples lanche.