1.000% superfaturado, digo, em forma, presidente retoma mentiras e se vitimiza

Crédito: Reprodução/ Twitter

(Crédito: Reprodução/ Twitter)


Quieto, Jair Bolsonaro, o devoto da cloroquina, é um gênio, mesmo que seu filho Carlos, o arruaceiro de internet que mama salários como suposto vereador do Rio de Janeiro, babe perdigotos pelas redes sociais, como a foto do pai, estrebuchado como porco abatido, no leito do hospital, com o barrigão inchado à mostra.

A mudez do maníaco do tratamento precoce é um alívio para o País. São horas de paz; de ausência de agressões pessoais e de ofensas racistas e homofóbicas; um período sem ameaças de golpe e estímulo à morte. É uma pena que a alegria de pobre dure tão pouco, e que a voz do obscurantismo perverso já esteja de volta.

Na calçada do hospital em que esteve internado para fazer proselitismo político e se vitimizar, o amigão do Queiroz voltou a mentir sobre as vacinas, distanciamento social e tratamentos de Covid sem comprovação; a atacar os senadores da CPI; a alegar fraude eleitoral e outras bobagens típicas do mitômano sociopata que é.

A novidade foi a nova vitimização. Desta vez, o marido da receptora de cheques de milicianos não se queixou da facada, da Rede Globo, da Folha de São Paulo, do STF e do PT. Disse: ‘Tudo que eu falo se volta contra mim como se eu fosse um genocida’. Tadinho, gente! Será por quê? Baita injustiça isso aí, pô.

O pai do senador das rachadinhas e da mansão de seis milhões de reais jamais incentivou e provocou aglomerações; demonizou o uso de máscara; boicotou as vacinas; desdenhou e mentiu sobre a doença; receitou medicamentos fajutos no tratamento da Covid e encorajou o enfrentamento de peito aberto ao coronavírus.

Ao contrário. Determinou a compra imediata de todos os imunizantes oferecidos ainda em 2020; gastou fortunas em campanhas de conscientização; correu para se vacinar e dar o exemplo; nunca deixou de usar máscara em público; incentivou a população a se cuidar. Bolsonaro é um guerreiro incansável pela vida humana.

Não? Nada a ver? O mito mentiu de novo? Não acredito. Só por causa disso vou tomar mais uma. Domingão de calor brabo por aqui. Aliás, na cidade onde estou, 60% da população já está vacinada com duas doses, e a vida está praticamente normal. Querem saber? O prefeito daqui, sim, é que é um verdadeiro genocida.

Veja também
+ Em pose sexy, Cleo Pires afirma: "Amando essa minha bunda grande"
+ Viih Tube é elogiada por look transparente com fio-dental após ataque de haters
+ Corpo de jovem desaparecido é encontrado em caçamba de lixo
+ Vídeo: Apresentadora é arrastada por cachorro durante programa ao vivo
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Vídeo: família é flagrada colocando cabelo na comida para não pagar a conta
+ Tudo o que você precisa saber antes de comprar uma panela elétrica
+ Instituto Gabriel Medina fecha portas em Maresias
+ Agência dos EUA alerta: nunca lave carne de frango crua
+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça
+ Gel de babosa na bebida: veja os benefícios
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Yasmin Brunet quebra o silêncio


Sobre o autor

Ricardo Kertzman é blogueiro, colunista e contestador por natureza. Reza a lenda que, ao nascer, antes mesmo de chorar, reclamou do hospital, brigou com o obstetra e discutiu com a mãe. Seu temperamento impulsivo só não é maior que seu imenso bom coração.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2021 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicaçõs Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.