Economia

Wall Street fecha em alta após coletiva de Trump

Wall Street fecha em alta após coletiva de Trump

Wall Street subiu nesta quarta-feira ao fim de uma sessão agitada pela primeira coletiva de imprensa do futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump: o Dow Jones subiu 0,48% e o Nasdaq 0,21% - AFP/Arquivos

Wall Street subiu nesta quarta-feira ao fim de uma sessão agitada pela primeira coletiva de imprensa do futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump: o Dow Jones subiu 0,48% e o Nasdaq 0,21%.

O índice Dow Jones Industrial Average avançou 95,75 pontos, a 19.954,28 unidades, e o tecnológico Nasdaq, 11,83 pontos, a 5.563,65 unidades, batendo novo recorde.

Na coletiva de hoje, Donald Trump não deu maiores informações sobre suas promessas econômicas prioritárias como os cortes de impostos, a redução das regulações a empresas e os gastos em infraestrutura.

Essas medidas antecipadas por Wall Street deram um impulso ao mercado depois das eleições de 8 de novembro, quando o Dow Jones subiu cerca de 9%.

“No momento, o mercado continua com tendência à alta e espera que o novo governo e o Congresso sejam capazes de proporcionar rapidamente essas novas medidas”, disse Jack Ablin, do BMO Private Bank.

O mercado de títulos subiu. Às 21H20 GMT, o rendimento dos bônus do Tesouro a 10 anos caiu 2,360% contra 2,376% da noite de terça-feira, enquanto o dos bônus a 30 anos, recuou para 2,947%, contra os 2,968% anteriores.