Edição nº2467 24.03 Ver edições anteriores

“Vou passar a noite de Natal ajudando quem precisa”

“Minha parte eu já relatei ao juiz. minha maior testemunha sou  eu mesma. contei o  que eu vivi” Luiza Brunet, sobre o processo em que acusa o empresário Lírio Parisotto de agredi-la
“Minha parte eu já relatei ao juiz. minha maior testemunha sou eu mesma” diz Brunet, sobre processo contra Parisotto

Luiza Brunet passará uma noite de Natal de diferente. Não armou árvore, não comprou presentes e nem preparou ceia. Ela e a família, em especial a filha, Yasmin, dedicarão a noite do dia 24 às pessoas carentes. “Vou passar o Natal como voluntária, ajudando quem precisa. Não vejo razão para armar árvore, com cenas como as de Aleppo acontecendo.”A família está definindo se irá a um orfanato ou se ajudará a servir ceia a moradores de rua. “Não sou mais a mesma. Sinto profundamente outras necessidades. Fazemos pouco pelos outros e doar dinheiro não é o mais importante”, diz. Em fevereiro, ocorre nova audiência do julgamento em que Luiza acusa o empresário Lírio Parisotto, seu ex-namorado, de agredi-la.

O que a motivou a atuar como voluntária no Natal?
Yasmim já faz esse trabalho em asilos e orfanatos em finais de semana. Eu e ela estávamos conversando sobre o que fazer neste Natal e surgiu essa ideia. Acho que, por ter passado por uma situação tão constrangedora na minha vida este ano, por ter sido desacreditada, isso me fez crer que o ser humano é ruim. Tive uma decepção grande. Estou tentado amenizar isso doando trabalho voluntário e comunitário. Pessoas que menos espera são as que te retribuem com mais amor, afeto e respeito.

Quais serão os próximos passos do processo judicial?
Minha parte eu já contei ao juiz. A parte do Lírio deve ser cumprida em 13 de fevereiro. O que tinha que fazer já fiz, de maneira correta. Ele pediu adiamento. Alegou que uma sétima testemunha faltou. Espero que ele compareça e fale a verdade. Nem uma das testemunhas dele e nem a minha única, assistiram ao que eu passei. Minha maior testemunha sou eu mesma. Contei o que eu vivi.

 


Mais posts

Ver mais

Recomendadas

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.