Edição nº2488 18.08 Ver edições anteriores

Vale o que parece?

62A coleção de joias de Adriana Ancelmo e Sérgio Cabral está passando por nova avaliação oficial, dessa vez, ao que se sabe, aos cuidados de peritos de penhor da Caixa Econômica. A Polícia Federal desconfia que parte do tesouro vale bem menos do que lhe foi informado pelas empresas onde os pombinhos se abasteciam. As vendas teriam registrado cifras artificialmente inchadas para facilitar a lavagem de dinheiro. Detalhe: já há sinais de que muitas peças são apenas bijuterias – de gosto discutível.

Corrupção
Língua nos dentes

Jornais vêm divulgando a possibilidade de Sérgio Cabral fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal e a Procuradoria-Geral da República.  Mas há impasse nas negociações. Preso em Bangu desde novembro, ele já teria aceitado entregar ilícitos de um governador, de um vice-governador e de um ex-prefeito. Os procuradores querem pelo menos mais um peixe graúdo, figura de primeira grandeza no Judiciário fluminense, sobre o qual estão reunindo provas cabeludas.

República do Paraná
Homem da saúde

Foi parar nas mãos de um conterrâneo paranaense de Ricardo Barros um estratégico cargo no Ministério da Saúde. Desde a semana passada, Gilberto Pavanelli comanda o Departamento de Gestão e Incorporação de Tecnologias em Saúde, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Uma das atribuições do órgão é definir o uso de novos medicamentos pelo SUS. Nascido em Londrina, o escolhido do ministro é especialista em parasitas de peixes de água doce do Brasil.

Saneamento
Crédito para a água

Presidente da Sabesp, Jerson Kelman será um dos três oradores de evento do Banco Mundial, que reunirá ministros da Fazenda de 50 países, dia 20 de abril, em Washington. O encontro é para debater o setor de saneamento e a forma de financiá-lo. O evento será aberto pelo secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, seguido de discurso do presidente do BIRD, Jim Yong Kim.

Agricultura
Faltou aviso

Na ofensiva para superar a crise da carne brasileira, Michel Temer atualizou o Regulamento da Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal, de 1952. Por fazer parte de acordo internacional, a modernização teria que ter sido submetida ao Comitê de Medidas Sanitárias e Fitosanitárias da OMC, em Genebra, com 60 dias de antecedência. Países-membros da entidade poderão criar novos entraves à importação de produtos de origem animal do Brasil.

Cartórios
Paixão oficial

100
Uma cadela foi registrada oficialmente em Goiás, a exemplo do que já ocorerra no Rio de Janeiro. Da raça Shis-Tzu, nas cores preta, caramelo e branca, Amora ganhou até o sobrenome (Valverde) de sua dona (Bruna, foto), no 1º Carório de Registro de Títulos e Documentos de Pessoas Jurídicas de Goiânia. No Brasil, estima-se que existam 130 milhões de animais de estimação. Se houver judicialização do afeto, os cartórios ficarão abarrotados.

Congresso
Quem ganhou

Ninguém em Brasília duvida de que Renan Calheiros passou a atirar pesado contra Michel Temer, depois que dois alagoanos (não por ele apadrinhados) viraram ministros: Maurício Quintella (Transportes) e Max Beltrão (Turismo). O senador esperneia – e colhe derrotas. Na semana passada, no Diário Oficial saiu a nomeação de João Sukater à diretoria da Anvisa. Ele é ligado ao PP de São Paulo, de Paulo Maluf. Lutava pela recondução de José Carlos Moutinho, apoiado por Renan, o desgastado PMDB do RJ e José Sarney.

Judiciário
Não quer mudança

O governo será contra ampliar a legalidade do aborto, no pedido de liminar feito ao STF pelo PSOL e o Instituto Anis, organização de defesa dos direitos da mulher. O partido e a ONG lutam pela descriminalização até a 12ª semana da gestação. Com base em pareceres técnicos do Ministério da Saúde, a posição oficial será a de manter a regra atual, de permitir o ato só nos casos de anencefalia do feto, estupro e quando a gestação representa risco para a vida da mãe.

Política
Longa duração

59

O início do julgamento da chapa Dilma-Temer será marcado por um pedido de vista. No recebimento das contas da campanha de 2014, Gilmar Mendes, Luiz Fux e Luciana Lóssio solicitaram um tempo para analisar o caso. Isso é quase rotina em ações nas quais não há a figura do revisor, comum nos processos penais no STF e no STJ. Vale lembrar que tal posição ocorreu há pouco no TSE, nos julgamentos dos recursos dos governadores do Amazonas (José Melo) e do Tocantins (Marcelo Miranda). Logo após parecer dos relatores, dois ministros (Fux e Luciana) pediram vista.

MPF
Entre eles

Será acirrada a eleição para formar a lista tríplice ao cargo de procurador-geral da República. Há 45 dias do início do pleito, dois sub-procuradores-gerais são pré-candidatos. Carlos Frederico dos Santos, na carreira desde 1991, atua na 6ª Turma Criminal no STJ, e Eitel Santiago, concursado em 1984, trabalha no mesmo tribunal, além de ser membro do Conselho Superior do MPF, pela terceira vez. Podem ainda entrar no páreo Nicolau Dino, Ela Wiecko, Sandra Cureau, Raquel Dodge e Mário Bonsaglia. Além, claro, de Rodrigo Janot, atual PGR.

Vacina
Nada escapa

60

Na semana passada roubaram um caminhão e sua carga na Pavuna, bairro que faz divisa do Rio de Janeiro com cidades da Baixada Fluminense. A cena seria corriqueira, já que a área registra 1% de todos os assaltos a cargas ocorridos no Brasil. Só que no baú estavam milhares de doses de vacinas contra a febre amarela. O prejuízo para a União foi de cerca de R$ 2 milhões. Os larápios tiveram lucro: a polícia estima que cada ampola (10 doses) seja vendida no mercado negro por R$ 2.000,00.

Transportes
Vagões cheios

64

A ANPTrilhos divulgará balanço nessa segunda-feira 3, apontando que, na contramão do desemprego no País, o setor de transporte de passageiros sobre trilhos manteve postos de trabalho e até contratou mais pessoal em 2016. O setor foi favorecido pelas Olimpíadas no Rio de Janeiro, quando o sistema de transporte carregou cerca de 38 milhões de passageiros, sendo a rede de trilhos responsável por 65% do total.

Eleições 2018
O mito sobrevive

61

Em pesquisas que partidos e políticos vêm fazendo sobre o desempenho de prefeitos e governadores no Nordeste, quase sempre se faz consulta sobre a sucessão presidencial. Nas avaliações espontâneas, Lula tem aparecido com 20% a 30% das preferências. Na estimulada, em alguns casos, bateu 60%. A região representa 30% do eleitorado brasileiro.

 

 


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.