Edição nº2492 15.09 Ver edições anteriores

Questão de confiança

De acordo com investigadores ouvidos pela coluna, um dos maiores entraves para a celebração de acordo de delação premiada do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está no fato de que o parlamentar não confia no Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, seu público desafeto

De acordo com investigadores ouvidos pela coluna, um dos maiores entraves para a celebração de acordo de delação premiada do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) está no fato de que o parlamentar não confia no Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, seu público desafeto. Cunha teme que o procurador possa utilizar as negociações para obter informações sigilosas e, no fim, não chegar a um acordo que lhe conceda benefícios. Cunha sempre disse sentir-se perseguido por Rodrigo Janot.

2432-CONF-01

Bond…
O doleiro Lúcio Bolonha Funaro, preso na Lava Jato acusado de ser operador de Eduardo Cunha, impressiona investigadores com seu arsenal antiespionagem. Além do conhecido sistema de monitoramento por câmeras, ele usava um dispositivo em seu escritório na capital paulista capaz de bloquear gravação e sinais de celular.

…James Bond
Também é dono de um celular israelense à venda em raras lojas europeias ao custo aproximado de R$ 50 mil. O aparelho é específico para evitar espionagem industrial e é à prova de vírus e invasões, com um software que criptografa mensagens e conversas.

007 – Skyfall
O HD do computador usado por Funaro é do mesmo modelo daquele utilizado pelo ex-banqueiro Daniel Dantas, preso na operação Satiagraha, em 2008. Na época, nem mesmo o FBI, solicitado para ajudar nas investigações, conseguiu decifrar os arquivos secretos.

2432-CONF-02

Audiência
Michel Temer inaugurou a televisão que tem instalada em seu gabinete, no Palácio do Planalto. Ele costuma dizer que quem trabalha vendo TV não consegue governar. Na quarta, ficou até 1h acompanhando a eleição de Rodrigo Maia à presidência da Câmara.

Petit Comité
O único ministro a lhe fazer companhia foi Eliseu Padilha, da Casa Civil. Entre café e água, serviu-se apenas de um sanduíche rápido no fim da noite. Depois da votação, Temer comemorou como Temer: “Muito bom, muito bom”. Um sorriso e “boa noite”.

Trincheira
Após gravar vídeo endereçado a beneficiários do Bolsa Família, Michel Temer já começou a trabalhar em sua imagem uma identidade social, de quem luta pelos interesses dos mais pobres. Este tema é prioritário no Planalto. Só assim, ele poderá viajar pela região Nordeste, hoje ainda organizado reduto petista.

Dividendos
O Itamaraty está organizando uma série de encontros bilaterais do presidente Michel Temer com chefes de Estados de outros países durante as Olimpíadas. Avalia-se que estas reuniões serão um dos únicos momentos para o governo capitalizar com os Jogos Olímpicos. E para por aí.

Projeto polêmico
O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e a presidente do Ibama, Suely Araújo, prepararam um anteprojeto de lei que altera regras do licenciamento ambiental. O titular da pasta chegou a afirmar em reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente que o setor privado tinha sido ouvido e estava de acordo. No entanto, algumas entidades que representam a atividade econômica alegam que isso não aconteceu e não concordam com as mudanças. Criticam a nova definição que exigirá que a maior parte dos empreendimentos apresente estudos complexos para obter a licença, trazendo mais burocracia.

Olhos meus
O senador Romero Jucá é quem reúne informações sobre a situação do PMDB nas eleições municipais e mantém Michel Temer informado sobre a configuração da disputa regional. Temer já acertou que, apesar de atento, ficará de fora dos palanques para não criar rusgas na base. Pretende se envolver e dar apoio somente no segundo turno.

Toma lá dá cá
Deputado federal Rogério Rosso, líder do PSD e candidato derrotado no segundo turno na eleição de presidente da Câmara.

ISTOÉ – Como será o seu posicionamento diante da liderança do novo presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ)?
Rogério Rosso – Temos de buscar a harmonia da Câmara e retomarmos uma pauta para o País. A estabilidade do governo Temer depende do apoio do Congresso e, no caso da Câmara, vamos ajudar o presidente Rodrigo Maia no que for necessário.

ISTOÉ – O senhor concorda com a tese de que houve um enfraquecimento do chamado “Centrão”, o grupo de pequenos partidos?
Rosso – Sempre defendi que precisamos fortalecer a unidade da base do governo e evitar divisões ou agrupamentos.

2432-CONF-03

Rápidas
* Respeitado como poucos entre seus pares pela experiência acumulada ao longo de 11 mandatos como deputado federal, Miro Teixeira (Rede-RJ) foi o penúltimo colocado na disputa pela presidência da Câmara, com apenas seis votos de 513.

* Indagado sobre as razões que o levaram a se candidatar sem antes se viabilizar eleitoralmente, Miro disse que seu objetivo era pautar as propostas do chamado Parlamento Aberto, apresentadas por mais de 50 organizações brasileiras.

* “Minha candidatura é para tentar plantar a semente da rebelião contra o domínio desses interesses escusos no Parlamento”, bradou o deputado, em bate-papo virtual com a militância de seu partido, Rede. “Para isso, a transparência é fundamental.”

* O Parlamento Aberto prevê, por exemplo, a participação direta da população na escolha da pauta do Plenário da Câmara, assim como sua divulgação com maior antecedência. Também cria debates entre os candidatos e o voto aberto à presidência da Casa.

Retrato falado
Em 2010, o ex-presidente Lula disse que o DEM deveria ser “extirpado”  da política.Seis anos depois, o deputado Rodrigo Maia, da legenda detestada pelo petista, venceu a eleição da Câmara com o apoio do PT e de Lula. Para o líder dos Democratas na Câmara, Pauderney Avelino (AM), “quem está perto de sumir do mapa agora é o PT. Não desejo mal a ninguém, mas tem muitos petistas presos e a legenda sofrerá duras sanções financeiras da Justiça. Pode sumir”.

2432-CONF-04

Sempre ele
Ex-segurança e faz-tudo de Lula, Freud Godoy está em todas as que o chefe precisa. Freud assina como 1ª Testemunha o termo de adesão do ex-presidente à Bancoop, quando ele pretendia comprar apartamento no edifício Solaris, no Guarajurá. O antigo documento foi apreendido pela Polícia Federal durante busca e apreensão que teve o petista como alvo.

2432-CONF-05

Pires na mão
Paulo Ziulkoski, da Confederação Nacional dos Municípios, ficou decepcionado com o encontro de prefeitos com Michel Temer. “Sequer foram convidados a sentar. Ficaram em pé, ouviram um discurso e tchau”, lamentou. Agora, a CNM prepara um vídeo para criticar a recepção presidencial.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.