A semana

O muçulmano que manda em Londres

Crédito: AP Photo/Kirsty Wigglesworth

Só uma capital multicultural como Londres poderia eleger um prefeito muçulmano, filho de imigrantes paquistaneses: Sadiq Khan, 45 anos e um dos políticos em ascensão no Partido Trabalhista. Ao longo da campanha, o argumento de seus opositores foi o óbvio: ele não conseguiria combater a ameaça jihadista. A resposta veio das urnas, no final da semana passada, com a vitória de Khan (56,8% dos votos) sobre o conservador Zac Goldsmith. “A sua eleição é muito significativa, mostra que a maioria dos londrinos reconhece a diversidade como uma força”, disse à ISTOÉ William Ackah, professor de política da Universidade de Londres.