Edição nº2488 18.08 Ver edições anteriores

O futuro das Vespas Mandarinas

Thadeu e Chuck: músicas que dão o que pensar
Thadeu e Chuck: músicas que dão o que pensar (Crédito:Divulgação)

Eduardo Hypolitho Benedito, o Chuck, é um desses caras que vivem mil vidas em uma. Músico, ilustrador, diretor e produtor de programas musicais de TV e videoclipes, ele também já foi VJ da MTV e é chef de cozinha. Baixista, guitarrista e vocalista da banda Forgotten Boys entre 2003 e 2008, ele formou em 2009 com Thadeu Meneghini  o duo Vespas Mandarinas. A dupla concorreu ao Grammy Latino de 2013 na categoria Melhor Disco de Rock Brasileiro com álbum “Animal Nacional”. Agora, as Vespas Mandarinas lançam “Daqui pro Futuro”, disco que abre com Samuel Rosa, do Skank, dividindo os microfones com Thadeu. A faixa-título deixa claro o quanto a banda aprimorou seu som, tanto do ponto de vista das composições quanto da sonoridade. Basta ouvir a percussão de Marcos Suzano, um craque. As letras também estão mais profundas e incisivas na comparação com o trabalho anterior (uma amostra pode ser ouvida na playlist Sons da Semana). Algumas dão o que pensar. “E não sobrou ninguém” é um achado: “Primeiro levaram os negros/ E eu não me importei/ Porque eu não sou negro/ Depois levaram os gays (… )/ E então/ Chegou o dia/ Em que finalmente vieram me levar”. O futuro pode não ser alvissareiro, mas pelo menos o presente tem uma boa trilha-sonora. Assista ao clipe de “Daqui pro Futuro” clicando na imagem abaixo:


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.