Edição nº2475 19.05 Ver edições anteriores

Maratona de Bachianas celebra 130 anos de Villa-Lobos

Orquestra_Sinfônica_Municipal
A Orquestra Sinfônica Municipal em ação: programa inédito terá 180 minutos de música (Crédito:Divulgação)

Sob a regência de Roberto Minczuk, a Orquestra Sinfônica Municipal (OSM) faz apresentação inédita das nove das Bachianas Brasileiras em duas apresentações por dia no sábado 4 e domingo 5, no Theatro Municipal de São Paulo. A maratona celebra os 130 anos de nascimento de Heitor Villa-Lobos. O concerto marca a estreia no palco do Municipal da jovem soprano Laura Duarte, da Opera Studio (projeto da Escola Municipal de Música, que prepara, de forma gratuita, jovens cantores líricos). Além de Laura, o pianista brasileiro Jean Louis Steuerman e o Coral Paulistano Mário de Andrade também participam do Ciclo Bachianas.

“As Bachianas Brasileiras espelham as duas paixões de Villa-Lobos: o Brasil e a música de Johann Sebastian Bach”, diz o maestro Roberto Minczuk. Segundo ele, o compositor descreve o Brasil com sons da natureza e facetas como o caos urbano, a mistura racial, a desorganização e ao mesmo tempo, um país romântico e pitoresco.

Os ingressos têm preços diferentes para os dois dias: sábado os valores variam de R$ 35 (setor 3) a R$ 100 (setor 1); domingo é preço único R$ 10. O Theatro Municipal de São Paulo finca na Praça Ramos de Azevedo, s/nº e a bilheteria abre partir das 9h.


Mais posts

Ver mais