Economia

Lucro líquido recorrente da Itaúsa cresce 1,9% no 1º semestre para R$ 4,286 bi

O lucro líquido recorrente de janeiro a junho de 2017 do conglomerado Itaúsa foi de R$ 4,286 bilhões, alta de 1,9% sobre o mesmo intervalo do ano anterior, de R$ 4,207 bilhões. A rentabilidade recorrente sobre o patrimônio líquido médio (ROE) caiu para 17,7%, na comparação com 18,5% no primeiro semestre de 2016.

O patrimônio líquido subiu 6,5% para R$ 49,653 bilhões, de R$ 46,621 bilhões na mesma comparação.

No primeiro semestre de 2017, a Itaúsa teve resultado financeiro líquido positivo de R$ 5 milhões, redução de 86,1% em relação a 2016.

O resultado trimestral foi um lucro líquido de R$ 2,190 bilhões atribuído aos controladores, 1,84% menor que o de R$ 2,231 bilhões do segundo trimestre de 2016.

O total do ativo consolidado foi a R$ 61,099 bilhões, 3,5% acima dos R$ 59,020 bilhões do final de 2016.