Esportes

Judô convoca seleção com Sarah Menezes em nova categoria pela 1ª vez

Depois de falhar em chegar ao pódio nos Jogos Olímpicos do Rio, Sarah Menezes subiu mesmo de categoria. Nesta quarta-feira a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) anunciou a primeira convocação da seleção brasileira para 2017 listando a campeã olímpica de 2012 pela primeira vez na categoria até 52kg. Até então, ela lutava na subdivisão mais baixa, para atletas de até 48kg.

Ao subir de peso, Sarah Menezes passa a brigar por espaço com Érika Miranda, que também luta no meio-leve. Na Olimpíada, cada país pode ser representado por apenas uma atleta por categoria. No Mundial, é permitida a “dobra” em duas subdivisões.

A mudança abre espaço para Nathália Brígida, que já foi bem no ciclo olímpico passado e agora é o principal nome da categoria até 48kg. Além delas, a convocação tem Rafaela Silva (57kg), Mariana Silva (63kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg). Dessas, só Nathália não esteve no Rio-2016.

Enter os homens, foram chamados Felipe Kitadai (60kg), Eric Takabatake (60kg), Victor Penalber (81kg), Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg), Eduardo Bettoni (90kg), Luciano Corrêa (100kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e David Moura (+100kg). A surpresa é a presença de Guilheiro, que não conseguiu voltar a lutar bem depois de passar a maior parte do ciclo olímpico passado se recuperando de cirurgias.

No sábado, uma seletiva vai definir os demais membros da seleção brasileira em 2017. Há três vagas por categoria. Na até 52kg feminina, por exemplo, só haverá uma em jogo. Na até 73kg masculina, que nenhum brasileiro fechou 2016 entre os 22 melhores do mundo, todas as três vagas serão disputadas na seletiva, em Osasco (SP).

Tópicos

judô Sarah Menezes