Economia

JBS tem diversas possibilidades para substituir Wesley, diz executivo

O gerente de Relações com Investidores da JBS, André Menezes, disse que a empresa ainda não tem uma definição sobre a possibilidade de substituição de Wesley Batista na presidência da companhia, após a prisão preventiva do executivo, que comanda a empresa desde 2011. “A gente no momento está mais aguardando o desenvolvimento dos fatos, o que pode acontecer daqui para frente. Acho que um dos grandes destaques da JBS é que, ao longo desses anos todos, a gente conseguiu montar um time de executivos que lideram os negócios da companhia, tanto no Brasil quanto nos Estados Unidos, bastante bom, e o Wesley teve um papel fundamental nisso”, disse em entrevista ao Broadcast Agro (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado), durante a premiação Empresas Mais, promovida pelo Grupo Estado.

Questionado pelo Broadcast Agro sobre os executivos cotados para substituir Joesley, ele não revelou nomes. “Independentemente de quem seja essa pessoa, se é que a gente vai precisar substitui-lo, temos diversas possibilidades, diversos nomes de pessoas, de diretores, de executivos que, como eu falei, lideram os negócios e que têm experiência em grandes empresas de capital aberto e fechado.”

Menezes disse, ainda, que, mesmo na reunião de quarta-feira do Conselho da JBS, “não houve definição” sobre o tema. “A reunião foi mais para atualizar todo mundo, colocar todo mundo na mesma página, e aí no futuro, se for necessário, a gente vê quem seria essa pessoa; mas não tem isso definido”, assinalou Menezes.