Agronegócio

Instituição certificadora diz que produto Halal tem ‘qualidade e segurança’

São Paulo, 20/3 – A Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras Halal), primeira instituição certificadora de carne Halal no País, divulgou nota em que garante a “qualidade e a segurança” do produto oferecido ao consumidor. O comunicado procura evitar eventuais questionamentos após a deflagração da Operação Carne Fraca, pela Polícia Federal, que jogou o setor de proteínas em uma crise de credibilidade.

“O produto considerado Halal respeita premissas importantes tanto para o consumidor como para as empresas que zelam pela boa imagem e reputação de seus produtos. Para obter a certificação Halal, as indústrias passam por rigoroso processo, executado por uma organização islâmica devidamente reconhecida, que certifica sua capacidade de praticar os procedimentos Halal. Significa reconhecer que esta indústria produz, armazena e comercializa produtos destinados aos consumidores muçulmanos seguindo todos os preceitos exigidos pela religião”, destacou a Fambras Halal.

Ainda segundo a instituição, na produção Halal de proteína animal há um controle rigoroso feito pela Fambras de maneira independente. “Além disso, o importador, ao receber o produto, também o fiscaliza com extremo rigor”, concluiu.