Mundo

Índia escolhe entre dois ‘intocáveis’ para presidente

NOVA DÉLHI, 17 JUL (ANSA) – A Índia realizou nesta segunda-feira (17) eleições indiretas para escolher seu próximo presidente da República, que substituirá Pranab Mukherjee, cujo mandato termina no próximo dia 25 de julho.   

Pela primeira vez na história do país, a votação teve como candidatos dois membros da casta dalit (“intocável”), a mais baixa e oprimida da pirâmide social indiana: o ex-governador de Bihar Ram Nath Kovind, representante da coalizão de centro-direita guiada pelo primeiro-ministro Narendra Modi; e a oposicionista Meira Kumar, aliada de Sonia Gandhi.   

O presidente é escolhido por um colégio eleitoral formado pelos membros das duas casas do Parlamento e das assembleias legislativas dos 29 estados da Índia e dos territórios de Délhi e Puducherry. Ao todo, são 4,8 mil eleitores votando por uma população de 1,3 bilhão de pessoas.   

O resultado só deve ser divulgado na próxima quinta-feira (20), e Kovind é franco favorito para vencer a disputa.   

Independentemente do ganhador, a Índia terá um presidente dalit pela segunda vez em sua história, depois de K.R. Narayanan (1997-2002).   

Essa casta foi alijada da vida social na Índia durante séculos, sendo relegada à pobreza, e até hoje é alvo de preconceito no país, embora esse tipo de discriminação seja proibido desde a década de 1950. (ANSA)