Comportamento

Filipinas adota rígida lei antitabaco

Filipinas adota rígida lei antitabaco

Fumar e vender cigarros será proibido em locais públicos fechados nas Filipinas - AFP

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, assinou uma ordem executiva que pretende impor uma ampla proibição do cigarro em público, reforçando algumas das medidas antitabaco mais rígidas da Ásia.

Fumar e vender cigarros será proibido em todos os locais públicos fechados, assim como a menos de 100 metros das escolas, parques e outras áreas com menores de idade, afirma a ordem assinada na quinta-feira e que entrará em vigor dentro de 60 dias.

Duterte, famoso pela guerra contra as drogas que já matou milhares de pessoas, prometeu no ano passado, ao assumir a presidência, adotar uma lei antitabaco como parte de uma série de medidas para impor ordem na sociedade.

Outras medidas prometidas incluem a proibição do karaoke à noite e um toque de recolher às 2h00 para o consumo de álcool em público, mas que ainda não foram implementadas.

O país já tem uma lei proíbe a publicidade de cigarro e o fumo em locais públicos, assim como uma lei que determina imagens explícitas nos maços de cigarros sobre os riscos do tabaco para a saúde. O setor também tem uma elevada taxação.