Finanças

Em meio à cautela, bolsas asiáticas terminam majoritariamente em queda

As principais bolsas da Ásia encerraram o pregão desta quinta-feira majoritariamente em queda, influenciadas pela situação da Coreia do Norte e pela espera dos resultados da cúpula de líderes do G-20, que começa amanhã na Alemanha.

Como pano de fundo, há certa cautela em relação às repercussões das tensões entre a Coreia do Norte e os aliados dos Estados Unidos na Ásia. Na terça-feira, o regime de Pyongyang anunciou testes com um míssil intercontinental, o que foi entendido como uma provocação ao Ocidente. Washington e a Coreia do Sul, por sua vez, responderam com testes de armas.

A expectativa agora é que a reunião de líderes do G-20, que começa amanhã em Hamburgo (Alemanha), dê sinais mais claros de como os aliados do Ocidente vão encarar as ameaças de Pyongyang. Um dos encontros bilaterais mais esperados é o do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, com o presidente da Rússia, Vladimir Putin.

Em meio a esta cautela, no front econômico, a ata da última reunião do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA), divulgada na tarde de ontem, quando as bolsas asiáticas estavam fechadas, possibilitou uma visão mista sobre o futuro da política monetária do maior país do mundo.

“O texto trouxe visões variadas de membros do Fomc (Comitê Federal de Mercado Aberto) tanto sobre perspectivas para inflação quanto do momento em que o Fed vai reduzir a quantidade de ativos, sem uma linha única de pensamento”, escreveu, em nota, Jingyi Pan, analista de mercado do IG Group.

Em Seul, o índice Kospi terminou com baixa de 0,02%, aos 2.387,81 pontos. Em Taipei, o Taiex recuou 0,35%, para 10.368,20 pontos.

Em Hong Kong, o índice Hang Seng terminou com baixa de 0,22%, aos 25.465,22 pontos. Os papéis do Bank of China recuaram 0,27% e da China Mobile cederam 0,99%.

A Bolsa de Sydney terminou em queda pelo segundo dia consecutivo, com queda dos principais bancos e mineradoras, pressionadas pela baixa do minério de ferro. Os papéis do Commonwealth perderam 0,75%, do Westpac cederam 0,93% e da Fortescue recuaram 1,50%. O índice S&P/ASX 200 caiu 0,08%, para 5.758,80 pontos.

Na contramão, as bolsas da China terminaram em leve alta. O índice Xangai Composto terminou com ganho de 0,17%, aos 3.212,44 pontos. Já o Shenzhen Composto teve alta de 0,08%, para 1.914,59 pontos. (com informações da Dow Jones Newswires)