Edição nº2492 15.09 Ver edições anteriores

É horrível ser mulher no Brasil

Você é macho pra cacete e ataca qualquer mulher porque macho pra cacete só tem uma coisa pra fazer na vida que é partir pra cima de mulher?

Você acha que mulher que mostra as coxas ou os peitos ou qualquer parte do corpo que deveria estar coberta ou que fala palavrão ou que gosta de sexo ou sei lá mais o quê é tudo sacana de uma figa que só quer saber de ir pra cama com o primeiro cara que aparecer?

Você parte pra cima quando uma mulher, qualquer mulher, bebe demais ou está chapada ou está muito doida ou faz uma loucura que uma mulher decente de verdade não deveria fazer porque, você sabe, mulher decente de verdade não faz essas coisas?

Você parte pra cima quando a vizinha ou a gerente do banco ou a moça da imobiliária ou a atendente da academia ou a advogada da firma ou a médica plantonista ou a secretária ou a subordinada ou quando qualquer mulher da face da Terra é simpática e sorri pra você e fala umas coisas que te deixam maluco de vontade de fazer uma besteira e pegar aquela pervertida?

Vai, admite: você é macho desse jeito, não é? Sim, somos assim e isso é uma tragédia que não pode mais ser silenciada. Nós, homens, transformamos a vida das mulheres num inferno.

Na semana passada, uma mulher foi estuprada por um motorista de Uber em São Paulo. Ela contou a história no Facebook e sabe o que aconteceu? Uns filhos da mãe disseram que a culpa é dela porque usava saia curta demais, porque tinha bebido demais, porque estava sozinha madrugada adentro. Outra mulher foi vítima de um homem que ejaculou nela dentro de um ônibus. Sabe o que aconteceu com o fulano que já tinha feito a mesma coisa outras 17 vezes? Ele foi solto por um juiz que não viu “constrangimento ou violência” no caso.

“Repara bem, essas coisas só acontecem com mulher estranha, com mulher que dá mole.” Ouvi comentários como esse de muitos machos pra cacete que andam por aí.

Às vezes eu fico bem estranho, tem gente que não me leva a sério e, bêbado, já peguei táxi nas madrugadas geladas de São Paulo. Presta atenção: nunca tive medo de andar sozinho no carro com um sujeito que não conheço.

Converse com uma mulher, qualquer mulher, e você descobrirá as situações horríveis que ela já enfrentou só porque estava sozinha, ou porque tinha bebido demais, ou porque usava camisa decotada ou apenas e simplesmente por ser mulher.

Você, que é macho pra cacete, tem que entender o seguinte: a mulher pode aparecer pelada na sua frente, pode estar bêbada de cair, pode falar um montão de besteiras bem sacanas, mas nem isso, e nenhuma outra situação, dá a você o direito de partir pra cima dela sem que haja consentimento. Se você não seguir essa regra, não terá feito outra coisa a não ser cometido um crime.


Mais posts

Ver mais

Copyright © 2017 - Editora Três
Todos os direitos reservados.

Nota de esclarecimento A Três Comércio de Publicações Ltda. (EDITORA TRÊS) vem informar aos seus consumidores que não realiza cobranças por telefone e que também não oferece cancelamento do contrato de assinatura de revistas mediante o pagamento de qualquer valor. Tampouco autoriza terceiros a fazê-lo. A Editora Três é vítima e não se responsabiliza por tais mensagens e cobranças, informando aos seus clientes que todas as medidas cabíveis foram tomadas, inclusive criminais, para apuração das responsabilidades.