Edição nº2471 20.04 Ver edições anteriores

Conveniências

VOTO EM LISTA Bom para reformas de Temer
VOTO EM LISTA Bom para reformas de Temer

Apesar de a sociedade estar estarrecida com o movimento da classe política para aprovar o voto de deputados federais em lista fechada, a proposta soa como música para os ouvidos de integrantes do governo Michel Temer. E não é só pela salvação geral dos parlamentares – muitos deles em descrédito com a população. Autoridades – incluindo deputados – ouvidos pela coluna acreditam que, se a ideia seguir adiante, as propostas de reformas impopulares de Temer, como a da Previdência, a Trabalhista e a Tributária poderão passar com muito mais facilidade. Isso porque o legislador não teria que prestar tantas contas a seu eleitor. No modelo de lista fechada, o brasileiro votaria na legenda, elegendo a seleção de candidatos escolhida a dedo pelo partido.

Monotema

Diretores mundiais do grupo JP Morgan visitaram o Brasil e se reuniram com grupos de parlamentares. Todas as perguntas da economista-chefe presente na reunião tinham a ver com Reforma da Previdência. Ela queria saber se passa no Congresso. Ouviu que, sem mudanças drásticas, será impossível. E então quis saber qual formato passaria.

Água fria

Dos parlamentares, o grupo estrangeiro ouviu que o argumento usado pelo governo de que este modelo de Reforma da Previdência é primordial para resolver os problemas econômicos do País é equivocado e que os investidores não deveriam apostar nisso. Porém, não é o que apontam os estudos da Fazenda.

Rápidas

* Desde quando assumiu o governo, o presidente Michel Temer até agora não nomeou um novo presidente para o Cade, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica. O ex-presidente Vinícius Marques de Carvalho deixou o posto em maio com a queda de Dilma.

* Há quase um ano, o Cade tem um presidente interino, Gilvandro Vasconcelos Coelho de Araújo. Os profissionais da autarquia dizem que os trabalhos técnicos continuam fluindo normalmente. É lá que são firmados os acordos de leniência.

* O chamado “humor quinta série” às vezes reina nos bastidores do poder em Brasília. Parlamentares andam chamando o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de “Geleia”.

* O apelido é desferido pelas costas, claro. Deputados se dizem insatisfeitos com o estilo de Maia presidir a Casa por o acharem “muito volúvel”. E juram que nada tem a ver com os “Caça Fantasmas”.

Reta final?

46

O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, tem dito a aliados em conversas reservadas que não pretende ser candidato à reeleição. Com este aceno, ele pretende costurar a manutenção de apoio de aliados para concluir seu mandato, pois está mal avaliado. Ele já assumiu o governo com graves problemas fiscais e a crise hídrica que levou ao racionamento em Brasília só piora a situação.

Golias

A OAB-RJ abriu processo para cassar o registro do criador do aplicativo JusTap, o advogado Rogério Fontes de Resende. A justificativa da instituição foi a de que o app funcionava no “estilo Uber, contrariando as normas de legislação”. A start-up
se intitula uma ferramenta de defesa do consumidor.

Toma lá dá cá

Francisco zavascki, advogado e filho do ex-ministro do stf teori

Francisco Zavascki, advogado e filho do ex-ministro do STF Teori

Como a família está acompanhando as investigações do acidente que vitimou
o seu pai?
Por enquanto, não tivemos acesso a nenhuma informação porque a polícia nos disse que é importante que as apurações estejam sob sigilo. Então, sabemos apenas o que sai na imprensa.

Um jornal divulgou que o laudo técnico deve descartar a hipótese de sabotagem na aeronave…
Se for isso mesmo, vou ficar feliz. É claro que torço para ter sido uma fatalidade e não um homicídio.

Estão sendo muito procurados para receber homenagens em nome de Teori?
Muitas, mas temos recusado a maioria, como títulos de honoris causa, por exemplo. Além de homenagens de instituições públicas, como Procuradoria-Geral da República e Tribunal de Justiça de Santa Catarina, a única que aceitamos foi a da escola da AGU da 4ª Região, porque os organizadores eram muito amigos do pai, o advogado Juarez Freitas e o desembargador Thompson Flores. Nesse momento, estamos muito resguardados. Mais para frente, cogitamos alguma iniciativa para manter viva a memória do pai.

Já finalizaram a mudança das coisas dele de Brasília para Porto Alegre?
Sim. A última coisa pendente é o encerramento da conta da NET. Mas acho que até semana que vem, finalmente, conseguiremos concluir isso.


Mais posts

Ver mais

Recomendadas