A semana

Cartas

>> Capa
Não é uma quimera e é urgente a união do povo brasileiro, que esteve nos últimos tempos dividido pelas mazelas da política e perdido quanto aos rumos do País. Para que o Brasil cresça, devemos acalmar os ânimos. Somente assim voltaremos à estabilidade. “Por que é importante pacificar o Brasil” (ISTOÉ 2424)
Creusa Colaço Monte Alegre
São Paulo – SP

>> Brasil
Os ministros de Michel Temer estão na fase de verificação minuciosa dos estragos deixados pelo governo de Dilma Rousseff. Diante da difícil situação econômica que estamos enfrentando, somente um time de especialistas gabaritados poderá ajudar na reconstrução do País. “Os notáveis da economia” (ISTOÉ 2424)
Jeovah Ferreira
Taquari – DF

>> Política
Na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha mais discorreu sobre trust do que conseguiu se autodefender. Continua pairando no ar a suspeita de que o deputado afastado fez uma manobra financeira para esconder fora do Brasil dinheiro desviado da Petrobras. “Nobres aberrações” (ISTOÉ 2424)
José Carlos Saraiva da Costa
Belo Horizonte – MG

>> Internacional
A queda do avião da companhia EgyptAir
no Mar Mediterrâneo e a falta de informação confiável a respeito do caso gera pânico em todo
o mundo. É inaceitável em pleno século 21 tamanha lentidão para o esclarecimento da tragédia. “Terror no ar” (ISTOÉ 2424)
Suelen Peres
São Paulo – SP