Mundo

Autor de ataque na Champs-Élysées esteve na Argélia em 2017

PARIS, 21 ABR (ANSA) – Karim Cheurfi, autor do atentado que matou um policial na avenida Champs-Élysées, em Paris, esteve na Argélia, ex-colônia francesa, entre os dias 15 de janeiro e 14 de fevereiro de 2017.   

A informação foi divulgada nesta sexta-feira (21) pelo procurador-geral da República, François Molins. Segundo ele, a viagem foi motivada pela intenção de Cheurfi de “se casar”.   

Situada a cerca de 200 km da Europa pelo mar Mediterrâneo, a Argélia está na mira do Estado Islâmico (EI), que tenta usá-la como base para ataques no “velho continente”.   

No entanto, Molins negou que Cheurfi tivesse sido assinalado pela polícia com a letra “S”, que indica indivíduos radicalizados com risco de passarem à ação. “Em seus anos de cadeia, ele nunca dera sinais de radicalização”, acrescentou o procurador-geral. (ANSA)