A semana

Jogo difícil no Supremo

Jogo difícil no Supremo

Está quente a disputa pela cadeira do ministro Eros Grau no STF, que ficará vaga a partir de agosto, quando o jurista gaúcho fará 70 anos. O presidente do STJ, Cesar Asfor Rocha, é apontado como um candidato natural, não só pelo cargo que ocupa como pelo rico currículo. Ele foi corregedor do TSE e também do Conselho Nacional de Justiça. Seu principal opositor é o advogado criminalista Arnaldo Malheiros, que tem o apoio do ex-ministro da ­Justiça Márcio Thomaz Bastos. Na conta de Bastos, já constam as nomeações de Cezar Peluso e Dias Toffoli. Mas Asfor Rocha acredita que o presidente Lula, desta vez, apostará na experiência.