A semana

Vereador cururu não teme vudu

Vereador cururu não teme vudu

Os vereadores da cidade gaúcha de Pelotas foram surpreendidos por um despacho – despacho não legislativo mas, sim, despacho de vudu. O trabalho estava no porão na Câmara Municipal: um pequeno caixão preto e sete bonecos e spetados com alfinetes. Cinco deles tinham fotos de vereadores. Na terça-feira 22 o vereador Cláudio Roberto Insaurriaga (PV), apelidado de Cururu, foi à luta: promoveu um ritual de exorcismo para "neutralizar" o vudu. Pôs um crucifixo no peito e, na cabeça, uma coroa de espinhos. Tirou alfinete por alfinete e decepou dois bonecos.