A semana

Toma-lá-dá-cá

Toma-lá-dá-cá

DEPUTADA SOLANGE AMARAL, procuradora especial da mulher
ISTOÉ – O que comemorar no Dia Internacional da Mulher?
Solange – Avançamos muito nos últimos 100 anos, mas precisamos de mais 200 anos para conquistar a igualdade.
ISTOÉ – Por quê?
Solange – Menos de 10% dos deputados são mulheres. O poder no Brasil veste terno e gravata. Os partidos não abrem espaço para as mulheres.
ISTOÉ – É possível mudar esse quadro?
Solange – Somente com a legislação. Já aprovamos uma lei que exige a participação das candidatas. O caminho é esse.