A semana

Toma-lá-dá-cá

Toma-lá-dá-cá

OPHIR CAVALCANTE, novo presidente da OAB

ISTOÉ – Qual é a prioridade no início de sua gestão?
Cavalcante – Meu primeiro ano coincide com o ano das eleições. A OAB tem que lutar contra a corrupção eleitoral e o abuso do poder econômico.
ISTOÉ – Como o sr. pretende fazer isso?
Cavalcante – Vamos ampliar os comitês de combate à corrupção e lutar pela garantia do voto livre e consciente.
ISTOÉ – Há riscos à liberdade do voto?
Cavalcante – Essas eleições não podem refletir o anseio particular deste ou daquele grupo. O voto transparente deve ter sua importância protegida.