Em Cartaz

O rap de Mike Tyson

Se não tivesse sido um exímio boxeador, o ex-campeão dos pesos-pesados Mike Tyson seria com certeza um ótimo rapper

O rap de Mike Tyson

Assista ao trailer do documentário "Tyson":

tyson_site.jpg

chamada_cinema.jpg

Se não tivesse sido um exímio boxeador, o ex-campeão dos pesos-pesados Mike Tyson seria com certeza um ótimo rapper. Basta reparar no “canto falado” de suas declarações no documentário “Tyson”, em cartaz no País, no qual a sua rápida trajetória de glória e decadência é detalhadamente mostrada, comentada por ele próprio. Trata-se de uma entrevista na qual Tyson expõe sua intimidade. A vida pessoal e profissional do boxeador foi fartamente documentada pela tevê, cabendo ao cineasta James Toback selecionar os melhores momentos. Um exemplo é o talk show em que a primeira mulher do pugilista, Robin Givens, espinafra com o ex-marido. Tyson a escuta em silêncio com expressão de violência controlada. “Queriam é que eu quebrasse tudo”, diz ele com o rosto tatuado ao estilo dos guerreiros maoris e trajando uma camisa impecavelmente branca e bem passada.

+5 filmes sobre boxe

+5.jpg

MENINA DE OURO
Hilary Swank vive uma pugilista levada ao topo por um treinador decadente. O papel deu a ela um Oscar

CORPO E ALMA
Clássico sobre um lutador que entra no esporte por dinheiro e passa a ter problemas com seu empresário

ROCKY, UM LUTADOR
Filme que fez a fama de Sylvester Stalone e ganhou três prêmios da Academia em 1977

PUNHOS DE CAMPEÃO
Outro clássico, com Robert Ryan, que vive um pugilista numa ação combinada. O diretor Robert Wise não conseguiu impor um lutador negro para o papel

TOURO INDOMÁVEL
Obra-prima de Martin Scorsese sobre a vida do boxeador Jake LaMotta. Esse papel deu o Oscar para Robert De Niro